Taba Benedicto/Estadão
Taba Benedicto/Estadão

Lollapalooza 2022: Em show com convidados, Emicida homenageia Taylor Hawkins

Artista, que levou ao palco Rael, Drika Barbosa, Majur e o Pastor Henrique Vieira, voltará ao festival na noite de domingo, 27, para substituir o Foo Fighters

Murilo Busolin, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2022 | 21h12

O rapper Emicida trouxe seu potente rap para o palco Budweiser na segunda noite do Lollapalooza Brasil 2022. O paulista iniciou o show pedindo para que os jovens de 15 a 18 anos tirem o título de eleitor o quanto antes.

O público compareceu em peso para acompanhar uma das apresentações mais aguardadas da noite. Emicida agradeceu seus fãs e se mostrou emocionado por estar se apresentando ao vivo novamente, é o primeiro show que ele realiza após o grande impacto midiático do seu último álbum de estúdio, AmarELO (2019), vencedor do Grammy latino.

"Não percam a capacidade de exercermos o que é mais importante em nossas vidas, de sermos seres humanos acima de tudo’, refletiu o rapper antes de iniciar a faixa título. Ele também homenageou Taylor Hawkins, o baterista da banda Foo Fighters, que morreu na última sexta, 25.

"Nossos corações ficaram partidos porque acredito que todos nós, de alguma maneira, admiramos o Foo Fighters, pela música, pela energia e pela história. Queria emanar as melhores energias pra família do nosso irmão, que infelizmente nos deixou ontem’.

A apresentação da banda, que encerraria o festival na noite do domingo, foi substituída por mais um show de Emicida, ao lado de Planet Hemp e outros nomes do rap brasileiro.

 

Tudo o que sabemos sobre:
EmicidaTaylor HawkinsLollapalooza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.