Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Lollapalooza 2017: Metallica revigora sua existência em novo disco

Show que teve 'transbordamento' de público foi um dos melhores da banda no Brasil

Júlio Maria, O Estado de S.Paulo

25 Março 2017 | 23h41

Hardwired...to Self Destruction veio revigorar a existência de uma das maiores bandas de metal do Planeta. Ao menos foi o que se viu na passagem dos norte-americanos pelo Lollapalooza 2017, onde eles encerraram a primeira noite de shows neste sábado, 25.

O set list do disco novo, com músicas como Hardwired e Atlas, Rise!, mesclado ao velho arsenal, de Unforgiven e Master of Puppets, o Metallica fez a maior apresentação do primeiro dia de evento. A noite de temperatura agradável, mais frio que calor e sem a chuva que chegou a ser prevista, ajudou.

Os músicos pareciam mais inspirados do que na recente apresentação de 2015. Kirk Hammet jogou sua guitarra no chão para fazer um solo com os pés. Robert Trujillo distorceu seu baixo como se fosse outra guitarra. Depois de 50 minutos de show a banda deixou o palco mas as luzes continuaram apagadas. Ainda faltava mais. O mundo do Metallica dá voltas e acaba sempre em Nothing Else Matters e Enter Sandman. A plateia seguia depois de tudo e James Hetfield, comovido, voltou pela segunda vez apenas para dizer que a amava.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.