Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Lollapalooza 2017: Duran Duran canta com Céu e relembra hits saudosistas dos anos 1980

Farofa pop do vocalista Simon Le Bon funciona bem e arrasta multidão para o Palco Onix

João Paulo Carvalho, O Estado de S.Paulo

26 Março 2017 | 18h24

Se você foi adolescente nos anos 1980, nenhuma outra coisa pode ter sido mais nostálgica do que uma apresentação do Duran Duran na tarde deste domingo, 26, no Autódromo de Interlagos, no segundo dia do Lollapalooza Brasil. Com uma avalanche de clássicos, a banda inglesa mostrou ser a maior hitmaker do festival até aqui. Muito mais do que o Metallica, que abusou de musicas novas em determinado ponto do show e deixou a coisa um pouco entediada. A sequência arrebatadora de Hungry Like The Wolf, A View To a Kill e Come Undone mostrou que a farofa pop do vocalista Simon Le Bon está em plena forma.

Sem firulas, o Duran Duran tocou algumas canções do disco mais recente, Paper Gods (2015), e já foi logo dando o cartão de visita com sucessos que marcaram os mais de 30 anos de estrada do grupo "Tudo bem?", disse Simon Le Bon em português. "Espero que estejam tão famintos quanto os lobos", brincou antes de Hungry Like The Wolf.

A maior surpresa da tarde ficou por conta da performance de Céu, que subiu ao Palco Onix para cantar o clássico Ordinary World. Céu, que se apresentou no Palco Skol no início da tarde deste domingo, 26, fez um bom dueto com Simon Le Bon. Dias antes do festival, o baixista John Taylor já havia revelado que iria procurar a cantora e que era bastante fã do trabalho dela. "Eu adoro a Céu. Quando estava em São Paulo eu comprei um disco dela. Eu vou procurá-la e tentar fazer com que isso aconteça", afirmou ele em entrevista ao canal Multishow na última terça-feira, 21.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.