Tolga Akmen / AFP
Tolga Akmen / AFP

Loja do Queen abre em Londres para marcar cinco décadas da banda

De camisetas a guitarras autografadas por Brian May, suvenires do Queen estão à venda na Queen The Greatest, uma nova loja temporária da rua Carnaby de Londres

Marie-Louise Gumuchian, Reuters

27 de setembro de 2021 | 16h47


LONDRES - De camisetas a guitarras autografadas por Brian May, suvenires do Queen estão à venda em uma nova loja temporária da rua Carnaby de Londres que comemora as cinco décadas da música da banda de rock.

Queen The Greatest, que abre na terça-feira, 28, apresentará temas ligados aos roqueiros até janeiro.

Disponíveis na loja, criada com a empresa de merchandise e gerenciamento de marca Bravado da Universal Music Group, estarão agasalhos com capuz, canecas e quebra-cabeças do Queen, entre outros itens.



"(O Queen) começou em 1971 e ainda está fazendo turnês e ativo até hoje, então queríamos ter certeza de que não deixaríamos este momento passar sem fazer alguma comemoração disso em um espaço físico", disse Keith Taperell, vice-presidente de varejo e vendas da Bravado, à Reuters.

A loja se divide em áreas, começando com os anos 1970 e um ambiente semelhante a um brechó, um lembrete de quando o vocalista Freddie Mercury e o baterista Roger Taylor tinham uma barraca no mercado londrino de Kensington.

A seção dos anos 1980 marca os eventos ao vivo e turnês da banda, uma área de gravação representa os anos 1990 e um estande de DVDs de apresentações do Queen é para os nascidos na década seguinte.



A renda de uma camiseta especial de Freddie Mercury irá para o Mercury Phoenix Trust, uma instituição de caridade para pessoas com aids fundada em maio por May, Taylor e o empresário da banda, Jim Beach, em homenagem ao cantor.

Freddie morreu de pneumonia decorrente da aids em 1991.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.