Livro e CD celebram 70 anos de Monarco

O compositor Monarco está adorando seus70 anos. Ele estreou a idade redonda em agosto, com feijoada eroda de samba na quadra da Portela, sua escola. Desde então, afesta não parou mais. Agora, um livro sobre ele, dentro dacoleção Perfis do Rio, parceria da editora Relume Dumará com aprefeitura do Rio, e o disco Uma História do Samba, da RobDigital, acabam de chegar às lojas. Ambos são iniciativa docavaquinista Henrique Cazes, incansável pesquisador do sambacarioca. Uma História do Samba não foi gravado para o públicobrasileiro e, por isso, demorou três anos para chegar aqui. Oprodutor japonês Katsunori Tanaka, que tantos sambistas levoupara sua terra, encomendou o CD a Monarco e encarregou HenriqueCazes de produzi-lo. "Ele queria que eu percorresse a trajetóriado samba, desde o início até os dias de hoje", lembra Monarco."Não é um disco de especialista, conto a história do meu jeito.Eles ainda me pediram três músicas e, apesar de eu não gostar decompor por encomenda, saiu direito. Nossos Pioneiros e SambaVelho Amigo falam dos compositores históricos e O Samba nãoPode Acabar, com meu filho Mauro, mostra o jeito moderno decompor."

Agencia Estado,

26 de dezembro de 2003 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.