Live 8 foi frustrante, afirma Elton John

O cantor Elton John disse que os shows do Live 8 foram um "anticlímax" que teve poucos pontos altos. /AP"A idéia por trás do show foi fantástica, mas o Hyde Park é um local desprovido de carisma", disse JohnEm entrevista ao jornal britânico Daily Telegraph, Elton disse que o show do Live 8 realizado no Hyde Park, em Londres, foi pior que o Live Aid, de 1985."Acho que ele não chegou nem perto do primeiro. Como é que poderia?", indagou o cantor. Ele esclareceu, entretanto, que ficou "muito satisfeito" em ter participado do espetáculo."A idéia por trás do show foi fantástica, mas o Hyde Park é um local desprovido de carisma", disse Elton. O cantor realizou um dueto no Live 8 com o vocalista da banda Babyshambles, Pete Doherty. A apresentação da dupla foi desdenhada pelos críticos.De acordo com Elton, os dois ensaiaram uma versão da música Children of the Revolution, que "atingiu a perfeição".Mas ele disse acreditar que no dia da apresentação, Doherty ficou "muito nervoso", o que afetou a sua interpretação.Elton comentou que Doherty estava "um caco" e ainda acrescentou: "Não acho que as pessoas em volta dele tenham dado um bom exemplo, o que é uma pena", afirma.O show londrino do Live 8 foi um de uma série de apresentações organizadas por Bob Geldof com o intuito de chamara a atenção para a pobreza na África e a dívida dos países do continente.Entre os que se apresentaram no Live 8 estão Robbie Williams, Coldplay, Paul McCartney e Madonna.Na entrevista, Elton reconheceu que tem uma tendência a desagradar pessoas com suas opiniões bem sinceras. Ele conta ter feito as pazes com George Michael, a quem criticou em uma entrevista, mas confessou que a cantora Madonna não o perdoou por seus comentários ácidos.Elton afirmou que Madonna fazia dublagens em seus shows. "Eu enviei dois cartões de Natal a ela, mas os dois foram devolvidos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.