Lista dos ganhadores da oitava edição do Grammy Latino

O dominicano Juan Luis Guerra foi o grande vencedor da oitava edição do Grammy Latino, ganhando os cinco prêmios para os quais havia sido indicado.Entre os brasileiros, o destaque foi Caetano Veloso. Ele foi o premiado nas categorias Melhor Álbum de cantor-Compositor ("Cê") e Melhor Canção Brasileira ("Não me arrependo").O maestro John Neschling, diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, dividiu com a cantora Montserrat Caballé o prêmio de Melhor Álbum Clássico.A lista definitiva dos ganhadores da oitava edição do Grammy Latino é a seguinte:Melhor álbum de cantor-compositor: "Cê", de Caetano VelosoÁlbum do ano: "La llave de mi corazón", de Juan Luis GuerraMelhor álbum de merengue: "La llave de mi corazón", de Juan Luis GuerraMelhor canção: "La llave de mi corazón", de Juan Luis GuerraMelhor canção tropical: "La llave de mi corazón", de Juan Luis GuerraGravação do ano: "La llave de mi corazón", de Juan Luis GuerraMelhor álbum cristão em português: "Caminho de milagres", de Aline BarrosMelhor álbum de samba: "Acústico MTV 2 Gafieira", de Zeca PagodinhoMelhor álbum música popular brasileira: "Ao vivo", de Leny Andrade e Cesar Camargo MarianoMelhor álbum de música romântica: "Eternamente Cauby Peixoto-55 anos de carreira", de Cauby PeixotoMelhor álbum rock brasileiro: "Acústico MTV", de LobãoMelhor álbum de música regional ou de raízes brasileiras: "Balé mulato ao vivo", de Daniela MercuryMelhor canção brasileira: "Não me arrependo", de Caetano VelosoMelhor álbum de música clássica: empate entre "Beethoven abertura consagração da casa sinfonia nº 6", de John Neschling, e "La canción romántica española", de Montserrat CaballéMelhor álbum vocal pop masculino: "MTV Unplugged", de Ricky MartinMelhor vídeo musical versão longa: "MTV Unplugged", de Ricky MartinMelhor álbum vocal pop duo ou grupo: "El mundo se equivoca", de La Quinta EstaciónMelhor álbum vocal pop feminino: "Yo canto", Laura PausiniMelhor vídeo musical versão curta: "Ven a mi casa esta Navidad", de Voz VeisMelhor álbum flamenco: "Techarí", de Ojos de BrujoMelhor álbum de jazz latino: "Rumba palace", de Arturo SandovalMelhor álbum de salsa: "Arroz con habichuela", de El Gran Combo de Puerto RicoMelhor álbum de rock vocal: "El mundo cabe en una canción", de Fito PáezMelhor álbum de rock vocal duo ou grupo: "Kamikaze", de RabanesMelhor canção de rock: "La excepción", de Gustavo CeratiMelhor canção alternativa: "Me llaman Calle", de Manu ChaoMelhor álbum de música alternativa: "Oye", de AterciopeladosMelhor álbum banda: "Desatados", de Los Horóscopos de DurangoMelhor álbum nortista: "En vivo", de Michael SalgadoMelhor álbum música urbana: "Residente o visitante", de Calle 13Melhor canção urbana: "Pal norte", de Calle 13 e OrishasMelhor novo artista: Jesse & JoyMelhor álbum instrumental: "The enchantment", de Chick Corea & Belá FleckMelhor álbum folclórico: "Un fuego de sangre pura", de Los Gaiteros de San Jacinto de ColômbiaMelhor álbum de tango: "Te amo tango", de Raúl JaurenaMelhor álbum cristão em espanhol: "Alegría", de Marcos WittMelhor álbum de música latina para crianças: "Cómo se llega a Belén", de Voz VeisMelhor álbum de cumbia/vallenato: "Son... para el mundo", de Jorge Celedón y Jimmy ZambranoMelhor álbum tropical contemporâneo: "Fuzionando", de Oscar D'LeónMelhor álbum tropical tradicional: "Románticos de ayer, hoy y siempre", de Bobby CruzMelhor álbum rancheiro: "Enamorado", de Pepe AguilarMelhor álbum grupero: "Sólo pienso en ti", de Grupo BryndisMelhor álbum texano: "Evoluciones", de Los PalominosMelhor canção regional mexicana: "A las escondidas", de Freddie MartínezMelhor produtor do ano: Sebastián KrysMelhor projeto gráfico: "Los vallenatos de Andrés", de Catalina DíezMelhor engenharia de gravação: "La llave de mi corazón", de Allan Leschhorn, Luis Mansilla y Ronnie Torres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.