Reprodução/The Sun
Reprodução/The Sun

Ligação à emergência diz que Michael Jackson não respirava

Rei do Pop morreu na quinta-feira, aos 50 anos, após uma parada cardíaca; autópsia vai revelar causa da morte

26 de junho de 2009 | 15h43

A gravação feita pelo serviço de emergência dos Estados Unidos, o 911 (leia íntrega da ligação abaixo), aponta que a pessoa que ligou da casa de Michael Jackson falou ao atendente que o cantor estava inconsciente e não estava respirando, segundo a emissora CNN reportou nesta sexta-feira, 26. O rei do pop morreu na quinta, em Los Angeles, após ter uma parada cardíaca. Somente os resultados da autópsia poderão esclarecer as causas da morte de Michael.

 

Veja também:

som Ouça a ligação feita ao 911 (em inglês)

linkMichael Jackson: sucesso, polêmica e inúmeros adjetivos

som  TERRITÓRIO ELDORADO: playlist com os maiores hits de Michael Jackson

linkUma carreira de 750 milhões de discos vendidos

especial  ESPECIAL: linha do tempo com a carreira do cantor

blog FÓRUM : Morre Michael Jackson, rei do pop

mais imagens Veja galeria de fotos

video 'Thriller', o disco mais vendido da história

video 'Beat It', com Michael Jackson 

 

"Eu preciso de uma ambulância", falou a pessoa que ligou para o 911. A equipe de emergência recebeu os seguintes dados "homem de 50 anos, não está respitrando", segundo o The Sun. No registro, divulgado pelo Departamento de Bombeiros de Los Angeles, o homem não identificado diz ao operador que as repetidas tentativas para reanimar Michael através das técnicas conhecidas como ressuscitação cardiopulmonar (CPR, na sigla em inglês) não tiveram sucesso.

 

A pessoa que liga também diz ao operador que o médico pessoal de Michael - que estaria sendo procurado pela polícia nesta sexta-feira - era a única testemunha quando o músico passou mal. Quando os para-médicos chegaram à casa do cantor ele realmente estava sem respirar e tentaram fazer massagem cardíaca e, enquanto levavam Michael para o hospital, o entubaram. Imagem feita do laptop da equipe médica mostra a chamada de emergência para socorro de um homem de 50 anos que não respirava às 12h21 (hora local), em Bervely Hills.

  

Confira a tradução da ligação:

 

Operador: "Corpo de Bombeiros, paramédico 33. Qual é a natureza da sua emergência?"

Homem: "Sim senhor. Eu preciso, eu preciso de uma ambulância o mais rápido possível, senhor."

Operador: "OK senhor. Qual é seu endereço?"

Homem: "É Rua North Carolwood, 100, Los Angeles, Califórnia, 90077."

Operador: "Você disse Carolwood?"

Homem: "Rua Carolwood, isso."

Operador: "OK senhor. Qual é o número do telefone que você está usando e o que está acontecendo?"

Homem: "Senhor, temos um homem aqui que precisa de ajuda e ele não está respirando. Ele não está respirando e nós precisamos... nós tentamos massageá-lo, porém ele não..."

Operador: "OK. Qual a idade dele?"

Homem: "Ele tem 50 anos, senhor."

Operador: "Ele não está consciente, ele não está respirando?"

Homem: "Ele não está respirando."

Operador: "E ele também não está consciente?"

Homem: "Não está consciente, senhor"

Operador: "OK. Está bem. Ele está no chão, onde ele está agora?"

Homem: "Ele está na cama, senhor"

Operador: "Vamos levá-lo para o chão."

Homem: "OK."

Operador: "Vamos levá-lo para o chão. Eu ajudarei você com a CPR agora. Nós já estamos a caminho. Nós o ajudaremos por telefone. Alguém viu ele?"

Homem: "Sim, nós temos um médico particular com ele, senhor"

Operador: "E você tem um médico aí?"

Homem: "Sim, mas ele não está respondendo a nada. Ele não está respondendo à CPR ou nada."

Operador: "Oh, OK. Nós estamos a caminho. Se seu colega está fazendo CPR instruído por um médico, você está com uma autoridade maior que a minha. Alguém mais testemunhou o que ocorreu?"

Homem: "Não. Apenas o médico, senhor. O médico é o único aqui."

Operador: "Então o doutor estava aí? Doutor, você viu o que aconteceu, senhor?

Homem: "Por favor..."

Operador: "Nós já estamos a caminho. Somente estou perguntando as questões para os paramédicos enquanto eles estão a caminho."

Homem: "Ele está massageando o peito, porém ele não está respondendo a nada, senhor por favor."

Operador: "Nós já estamos a caminho. Nós estamos a uma milha de distância (1,6 quilômetro). Estaremos aí em breve."

Homem: "Obrigado, senhor"

Operador: "OK senhor. Ligue de volta se precisar de qualquer ajuda".

Homem: "Obrigado".

 

Atualizado às 17 horas

 

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Jacksonmorte911emergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.