Amy Harris/Invision/AP
Amy Harris/Invision/AP

Líder em indicações, Kendrick Lamar concorrerá em 8 categorias no Grammy 2019

Cerimônia de premiação retornará a Los Angeles e está marcada para o dia 10 de fevereiro, no Staples Center

EFE

07 Dezembro 2018 | 13h17

O rapper americano Kendrick Lamar é o líder absoluto de indicações para a 61ª edição do Grammy, na qual concorrerá em oito categorias, à frente do rapper canadense Drake, o segundo mais indicado, com sete menções, conforme anunciou a Academia da Gravação nesta sexta-feira, 7.

Em meio à forte presença do hip hop na premiação, a cantora de folk americana Brandi Carlile também se destacou ao receber seis indicações.

Lamar, como principal responsável pela trilha sonora de Pantera Negra, e Drake, com o álbum Scorpion, concorrerão pelo prêmio de álbum do ano. Nesta categoria também foram indicados Cardi B (Invasion of Privacy), Brandi Carlile (By The Way, I Forgive You), H.E.R. (H.E.R.), Post Malone (Beerpongs & Bentleys), Janelle Monáe (Dirty Computer) e Kacey Musgraves (Golden Hour).

A categoria de gravação do ano contará com I Like It, de Cardi B, J Balvin e Bad Bunny; The Joke, de Brandi Carlile; This Is America, de Childish Gambino; God's Plan de Drake; Shallow, de Lady Gaga e Bradley Cooper; All The Stars, de Kendrick Lamar e SZA; Rockstar, de Post Malone com 21 Savage, e The Middle, de Zedd com Maren Morris e Grey.

Em canção do ano, que premia a composição, foram indicados All The Stars, de Kendrick Lamar e SZA; Boo'd Up, de Ella Mai; God's Plan, de Drake; In My Blood, de Shawn Mendes; The Joke, de Brandi Carlile; The Middle, de Zedd com Maren Morris e Gray; Shallow de Lady Gaga e Bradley Cooper, e This Is America, de Childish Gambino.

O prêmio de artista revelação será disputado por Chloe x Halle, Luke Combs, Greta Van Fleet, H.E.R., Dua Lipa, Margo Price, Bebe Rexha e Jorja Smith.

Após ter comemorado o 60º aniversário em Nova York neste ano, a cerimônia de premiação do Grammy retornará a Los Angeles em 2019. O evento está marcado para o dia 10 de fevereiro, no Staples Center.

 

Mais conteúdo sobre:
Kendrick LamarGrammy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.