Líder do Korn vai abrir museu do crime

O líder da banda Korn, Jonathan Davis, revelou ao jornalUSA Today que vai abrir um museu dedicado a crimes famosos.A instituição vai se chamar Mojo, abreviação para Museum ofJustice and Oddities, e vai ter material relacionado a váriosassassinatos, incluindo placas de identificação de cadáveres demafiosos e um carro Volkswagen que o serial killer Ted Bundyusou para matar mais de 50 mulheres, nos anos 80. "A idéia nãoé fazer apologia de assassinatos, estamos apenas criando umlugar onde as pessoas possam ver essas coisas _ sejam elascuriosas ou futuros agentes do FBI", disse o cantor. O Korn éuma das mais famosas bandas dos Estados Unidos atualmente e estápromovendo o disco Untouchables.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.