Líder do Foo Fighters desmente boato de que estaria morto

"Eu não estou morto!", declarou Dave Grohl, vocalista do Foo Fighters, numa entrevista exclusiva à revista NME desta semana, desmentindo o boato que circulou na internet.O astro, ao que tudo indica está vivo e passa muito bem. Falou dos planos futuros da banda, inclusive do megashow programado para acontecer no Hyde Park, em Londres, na Inglaterra. Grohl contou como foi receber a notícia de que teria morrido. "Foi através de um recado de um amigo na secretária eletrônica, dizendo ´Jordyn (a mulher do cantor), eu sinto muito, sinto muito ouvir que isso tenha acontecido´. Eu escutei essa mensagem e pensei ´que absurdo é esse?´. Eles estavam deixando recado no meu celular dizendo ´sinto muito pela morte de Dave´!". "Foi muito estranho, mas acho que finalmente entendi esse negócio de rumor pela internet. É tão ridículo", disse ele. "Eu sou como uma cucaracha (barata) não se preocupe, estarei aqui ainda por um bom tempo", brincou o cantor.Grohl se comparou a uma barata que, segundo o Aurélio, é um ortóptero onívoro, da ordem dos blatários. E, de acordo com pesquisas científicas, apesar do planeta ter sofrido severas alterações em milhões de anos, a barata não teve grandes alterações em sua aparência.

Agencia Estado,

31 de maio de 2006 | 14h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.