Action Images / Carl Recine / Reuters
Action Images / Carl Recine / Reuters

Liam Gallagher promete show na Argentina se Messi for para o Manchester City

Em março, pelas redes sociais, Liam fez um apelo ao irmão Noel Gallagher, sugerindo um show beneficente do Oasis pós-coronavírus

Redação, Reuters

26 de agosto de 2020 | 20h27

BUENOS AIRES — A notícia da saída do jogador Lionel Messi do Barcelona foi uma bomba que teve repercussões de todo tipo, entre elas do ex-vocalista da banda britânica Oasis, Liam Gallagher, que prometeu fazer um show na Argentina se o atacante for para o Manchester City, clube do qual é torcedor fervoroso.

A decisão de Messi de deixar o time catalão abalou o mundo do futebol e desencadeou especulações sobre qual será seu próximo destino, além de fazer torcedores de vários times sonharem em ver o argentino jogar em suas equipes.

Liam publicou uma série de tuítes nutrindo a esperança de que Messi vá para o City, e em um deles um seguidor o desafiou a tocar no país natal do jogador se este for para o time do cantor, que é treinado atualmente pelo ex-técnico de Messi no Barcelona Pep Guardiola.

“Se Messi for jogar no Manchester City, você tem que vir tocar na Argentina”, disse @Lukinhs em resposta a um de seus tuítes, ao que Liam replicou: “Negócio fechado”.

 


O artista também respondeu a outro usuário que lhe falou sobre o alto custo que implicaria contratar Messi.

“Não se trata de dinheiro... É como a corrida espacial. O primeiro país a chegar à lua, o primeiro clube a contratar Messi”, disse Gallagher, ex-membro de uma das bandas mais representativas do rock britânico da década de 1990, que tem muitos fãs na Argentina.

A decisão de Messi, eleito seis vezes como melhor jogador do mundo, atingiu o Barcelona menos de duas semanas após a dura derrota de 8 x 2 para o Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Ainda não se sabe qual será o próximo time do atacante, mas seguramente muitos argentinos comemorarão uma eventual transferência para o Manchester City para ver Liam Gallagher nos palcos do país.

Em março, também pelas redes sociais, Liam fez um apelo ao irmão Noel Gallagher, sugerindo um show beneficente do Oasis pós-coronavírus. Depois, cada um poderia voltar para a sua carreira solo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.