Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Liam Gallagher é interrogado pela polícia por suspeita de agressão à namorada

O cantor negou a suposta agressão na época, através da rede social Twitter, e disse que "jamais colocou" suas mãos sobre uma mulher "de maneira viciosa"

EFE

08 Outubro 2018 | 22h25

A Polícia Metropolitana de Londres (também chamada de Met) interrogou o cantor Liam Gallagher, ex-vocalista da banda Oasis, por supostamente agredir sua namorada, Debbie Gwyther, no dia 24 de agosto em uma casa noturna de Londres, informou nesta segunda-feira,8, a emissora BBC.

O jornal britânico The Sun publicou naquele dia um vídeo gravado pelas câmeras de segurança do estabelecimento no qual é possível ver o ex-vocalista do Oasis segurando o pescoço de Gwyther.

O cantor negou a suposta agressão na época, através da rede social Twitter, e disse que "jamais colocou" suas mãos sobre uma mulher "de maneira viciosa", e também contou que não chamou sua namorada de "bruxa", como afirmava o tabloide.

Um porta-voz da polícia disse hoje, segundo a BBC, que os agentes "têm conhecimento do vídeo de uma agressão" que aconteceu em agosto em um local do bairro londrino de Marylebone e que "um homem" foi interrogado a respeito no dia 25 de setembro.

"As imagens foram avaliadas e serão realizadas consultas sobre as circunstâncias que envolveram o suposto incidente", acrescentou a fonte, que afirmou que, por enquanto, a Met não recebeu nenhuma denúncia pelo sucedido.

 

Mais conteúdo sobre:
Liam GallagherOasis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.