Levine deixa direção musical da Sinfônica de Boston

O diretor musical James Levine foi forçado a deixar a Orquestra Sinfônica de Boston em seu turno americano de 2006, que começa esta semana, após ter caído e machucado o ombro em uma de suas apresentações. O médico do musicista afirmou que Levine não quebrou nenhum osso, mas que ele deveria continuar descansando para aliviar consideráveis dores e desconforto. Como resultado, o diretor perderá o que poderia ter sido seu turno inaugural como diretor musical da orquestra, de acordo com informações da agência de notícias BSO.Marek Janowski liderará a sinfonia na performance de abertura do tour, e depois deixará o trabalho para David Robertson. A turnê inclui eventos em Chicago, Newark, Nova Jersey, Filadélfia e Washington.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.