John Bellissimo/AP/Arquivo
John Bellissimo/AP/Arquivo

Les Paul, o pioneiro da guitarra elétrica, morre aos 94 anos

Músico também foi o responsável pelo sistema de gravação em canais, considerado fundamental para o rock

Associated Press,

13 de agosto de 2009 | 13h32

O guitarrista e lutier Les Paul, um dos pioneiros no desenvolvimento da guitarra elétrica e dono de uma marca de instrumentos com seu nome, morreu nesta quinta-feira, 13, aos 94 anos, por conta de uma pneumonia, informou o Hospital White Plains, em Nova York. Segundo a fabricante de guitarras Gibson, Paul morreu ao lado de seus amigos e familiares.   

 

Veja também:

documento Corrida de fãs para ver Les Paul

documento A fabulosa história do homem-guitarra

blog  Felipe Machado: Em vez de um minuto de silêncio, solo de guitarra

 

Nascido em Wisconsin, em 1915, Paul começou sua carreira como músico em Chicago. Aos 13 anos, infeliz com o som produzido pelo seu violão, o inventor decidiu descobrir um meio para amplificar o som do instrumento. A primeira tentativa foi colocar um captador de som de um telefone sob as cordas, o que não produziu o efeito desejado.   

Um ano mais tarde, Paul obteve resultados melhores colocando uma agulha de fonógrafo sob as seis cordas do violão. Entre 1940 e 1941, o músico criou um violão de madeira maciça quadrado, com captadores e cordas de aço, chamado de 'O tronco', na mesma época em que Leo Fender e Adolph Rickenbacker desenvolviam técnicas similares.

 

 

 A invenção de Les Paul. Benoit Tessier/Reuters

"Cheguei a uma boate e toquei com ele. Acharam que eu era louco", diria anos mais tarde. Alguns meses depois, ele deu ao novo instrumento o formato tradicional da guitarra. Em 1952, a Gibson deu início a produção da guitarra desenvolvida por Les Paul, que se tornou uma das mais populares do mundo, usadas por músicos como Jimmy Page, do Led Zeppelin e Pete Townshend, do the Who. 

 

Além da guitarra elétrica, Les Paul, cujo nome real é Lester William Polfus, inventou o sistema de gravação em canais, que permite ao artista gravar o som de vários instrumentos em momentos diferentes e depois fundir as gravações para formar a música em estúdio, o que é considerado um marco na história do rock'n'roll e um fator crucial na evolução do gênero musical.

 

Les Paul era conhecido por fazer suas guitarras personalizadas, com as quais presenteou muitos músicos influentes, com o ex-Beatle Paul McCartney.

 

Nos últimos anos, mesmo doente, Paul tocava todas as segundas-feiras em um clube de jazz de Nova York, o Iridium, ao lado de estrelas do rock convidadas como o próprio Page, além de Mark Knopfler, ex-Dire Straits, Eddie Van Halen e Bruce Springsteen.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Les Paulmúsicarockguitarramorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.