Lenny Kravitz faz sucesso com disco de hits

Lenny Kravitz chega ao topo do pop 11 anos depois de aparecer no mercado como uma promessa de modernidade. O músico, que foi acusado de copiar Jimi Hendrix e que várias vezes chamou mais atenção por seu estilo do que por suas composições, está no segundo lugar da parada da Billboard com um disco de maiores sucessos. Kravitz vira uma espécie de salvador do rock em uma das épocas em que gênero mais parece ameaçado.Greatest Hits, que inclui 14 faixas tiradas dos cinco álbuns do artista, além da nova Again, foi lançado contra a vontade dele. "Não foi minha idéia, eu nunca teria pensado em lançar um disco de maiores sucessos." O público parece não concordar: em apenas uma semana quase 200 mil americanos redescobriram hits como It Ain´t Over Till It´s Over e Are You Gonna Go My Way?.A carreira de Kravitz teve uma trajetória bem curiosa. Quando lançou seu primeiro disco, Let Love Rule, em 1989, ele era mais conhecido como o marido da atriz Lisa Bonet, que fazia sucesso no seriado de TV The Cosby Show e havia trabalhado em Coração Satânico. Foram as mulheres que sempre deram impulso extra à carreira de Kravitz. Ele foi notado pelo mundo pop ao colaborar com Madonna em Justify My Love, que introduzia a sonoridade dos beats sujos que virou padrão no início dos anos 90 e chamou atenção por conta de um polêmico vídeo recheado de cenas quentes. O sucesso abriu o caminho para o disco Mamma Said, impulsionado por It Ain´t Over.Logo depois, Kravitz trocou Bonet pela ninfeta francesa Vanessa Paradis (hoje a sra. Johnny Depp), um episódio que inspirou Neneh Cherry a escrever a música Buddy X - detonando a traição. A paixão por Paradis marcou a fase mais criativa de Kravitz, que, infelizmente, ele tenta esquecer. O músico escreveu e produziu todas as faixas do disco da cantora lançado em 1992 e ainda tocou todos os instrumentos e fez backing vocals. Um trabalho histórico que teve pouca repercussão.Em 1993, foi a vez de assumir de vez o rock e aparecer sempre cercado de supermodelos. O disco Are You Gonna Go My Way?, com uma série de faixas mais pesadas, ganhou atenção por conta dos clipes com participações de modelos como Nadja Auermann e Eve Salvail.A perda da mãe e a desilusão com a vida de rockstar produziram o sombrio disco Circus em 1995, em que ele proclamava que o rock estava morto (em Rock ´n Roll Is Dead). O álbum chamou atenção para o caráter internacional da carreira que Kravitz começava a ter: enquanto o disco foi um fracasso nos Estados Unidos, transformou-se em grande sucesso no Japão - o segundo mercado fonográfico mundial.Ao fazer as pazes com o pop em 1998, Kravitz reconquistou o grande público. Five, impulsionado por Fly Away (que virou jingle de um comercial superexecutado na TV americana), foi o álbum mais vendido do artista (6 milhões de unidades). Nesta época, ele fez uma longa turnê internacional em que mostrava estar em melhor forma que nunca. Kravitz assumiu de vez seu lado fashion, transformando-se em uma personalidade única no pop.Nos últimos tempos, mais mulheres vêm garantindo o lugar de Kravitz na imprensa. Para o clipe de Again, ele convocou a atriz Gena Gershon e a modelo Theresa Lourenço (que está na atual campanha de Tommy Hilfiger) para um triângulo amoroso, com direito a cenas de nudez do músico e muitos beijos calorosos. Ele também está chamando atenção por conta de seu relacionamento com a modelo Devon Aoki, de apenas 18 anos, que aparece nas campanhas da Chanel. Kravitz está trabalhando em um novo álbum, que deve estar pronto na metade do ano que vem. Como em seus trabalhos passados, ele assume a produção e toca boa parte dos instrumentos. Enquanto isso, tem se dedicado à compra de imóveis e de peças de arte ("Adoro Basquiat", revela). Kravitz também diz que pretende renegociar seu contrato com a Virgin. "Acho que finalmente vou poder pedir uma porcentagem de royalties um pouco mais justa", disse ele à imprensa americana.

Agencia Estado,

06 de novembro de 2000 | 11h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.