Lenine e convidados no Citibank Hall

Pela segunda vez, o cantor e compositor Lenine é anfitrião do projeto Palco Pernambucano, que será realizado hoje, no Citibank Hall, e mais uma vez, pôde escolher por quais convidados iria se cercar nessa apresentação. Escolheu seu conterrâneo, o multiinstrumentista pernambucano Antônio Nóbrega, para abrir o show, que reunirá ainda Adriana Calcanhotto, Gabriel O Pensador e o maestro Spock. Como se percebe, não se trata de um palco 100% pernambucano. Mais apropriado seria dizer que é ´mezzo´ pernambucano. "Como sou um pernambucano carioca, moro no Rio há 25 anos, às vezes chamo não pernambucanos, porque faz parte da alma da cultura ter essas pontes com o mundo", explica Lenine. O Palco Pernambucano começou totalmente focado nos artistas regionais, mas quando saiu daquele Estado e tomou proporção nacional, acabou abrindo espaço para outros artistas. "Mas não nos distanciamos da idéia inicial, que é promover os encontros." Outro pernambucano da turma, Spock aprova essa que ele define de "comunhão de artistas". "São pessoas que fazem música sem barreira. Fico feliz em dividir o palco com elas", defende Spock. O músico ficou conhecido à frente da Orquestra do Maestro Spock, mas deixa claro que, para o show em São Paulo, não virá com a formação da orquestra. No palco, será ele e mais 10 músicos vindos de Pernambuco, que vão se unir a outros conterrâneos que vivem por aqui. Seu repertório trará sua especialidade, que é o frevo genuíno - de rua, de bloco e canção. Haverá até arrastão de frevo no final do show, igual ao que se vê pelas ruas do Recife na época do carnaval. Assim como Spock, os outros artistas convidados tiveram liberdade para escolher seu repertório - claro que com uma sugestão aqui e acolá de Lenine, que também vai acompanhá-los no show como músico. A gaúcha Adriana Calcanhotto separou Hoje Eu Quero Sair só (de Lenine, Mu Chebabi e Caxa Aragão), Tive Razão (de Seu Jorge) e Sonhei (de Lenine, Ivan Santos e Bráulio Tavares). "Falei para ela que Esquadros (de Adriana) tinha de entrar", diz Lenine. Pedido de anfitrião é uma ordem. Já o carioca Gabriel O Pensador virá com Astronauta (parceria com Lulu Santos), Até quando? (dele, Tiago Mocotó e Itaal Shur) e Cachimbo da Paz (parceria com Memê e Bollado Emecê). Cachimbo da Paz entrou no repertório do show antes mesmo de estourar a onda de violência em São Paulo, diz Gabriel. Mas a antiga canção se tornou apropriada para o momento. Ele e Lenine já tinham dado uma canja juntos, com essa música, no último carnaval do Recife. "Quando canto essa música, não é um incentivo às drogas. Sempre penso na paz." Palco Pernambucano. Citibank Hall (2.100 lug.). Avenida dos Jamaris, 213, Moema, 6846-6040. 6.ª, 22 h. R$ 50

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.