Leila Pinheiro lança em SP turnê de seu novo álbum

Aos 41 anos, 21 dos quais dedicados à sua carreira musical, Leila Pinheiro resolveu comemorar. Entrou em estúdio para gravar o CD Mais Coisas do Brasil - que tem o primeiro show da turnê de lançamento marcado para o início de abril, no Credicard Hall, em São Paulo.No disco, a dona de uma das vozes mais requintadas da MPB, reúne canções de mais de dez compositores brasileiros. Dentre elas, Tudo Bem, de Lulu Santos, e Nos Horizontes do Mundo, de Paulinho da Viola. "Sempre quis interpretar Paulinho, estou muito feliz de ter essa oportunidade agora", diz Leila, que acredita estar em sua melhor forma musical.Das composições já gravadas por Leila, fazem parte do repertório, Monte Castelo, Bessa Me, Verde, Serra do Luar, Catavento de Girassol e Feliz.O disco Mais Coisas do Brasil traz ainda composições de Tom Jobim, Chico Buarque, Baden Powell, Vinícius de Moraes, Guinga, Edu Lobo, Gonzaguinha e Pixinguinha. "O resultado do disco é amoroso e esperançoso", diz Leila. "A beleza do trabalho está em ser uma celebração da minha carreira."Além de todas as músicas serem de origem nacional, elas guardam em comum o fato de receberem o toque original da cantora. "Eu trouxe elas para mim, para a minha praia", conta. "Cada uma das canções foram atualizadas e adaptadas ao meu jeito de cantar." Um jeito muito mais amadurecido, garante, de maior sonoridade e tom mais baixo e grave.A paraense Leila Pinheiro, que está de volta à gravadora Universal, estreou oficialmente como cantora em 1980, com o show Sinal de Partida, em Belém. Em 1981, gravou seu primeiro disco, Leila Pinheiro. Independente no início, o título ganhou mais tarde participação de nomes consagrados, como Tom Jobim, João Donato e Toninho Horta e foi relançado em 1983. O novo Mais Coisas do Brasil é seu 11º disco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.