Byron Smith/The New York Times
Byron Smith/The New York Times

LCD Soundsystem volta aos palcos com apresentação triunfante em Nova York

Banda tinha se apresentado junta pela 'última vez' em 2011

AFP

25 Julho 2016 | 18h34

NOVA YORK - O grupo de música eletrônica LCD Soundsystem, que ficou famoso nos anos 2000 antes de se separar, voltou aos palcos em Nova York, sua cidade de origem e onde reivindicou sua identidade.

O grupo, conhecido por combinar um estilo punk e letras engenhosas com música "dance", tocou para milhares de fãs no domingo, último dia do festival Panorama, em Nova York. 

Diante de uma multidão que não parava de dançar, a banda resgatou suas raízes locais e durante o "crescendo" da canção New York, I Love You but You're Bringing Me Down, o horizonte de Manhattan se acendeu no pano de fundo.

O grupo também voltou a tocar seu cover de Bye Bye Bayou, de Alan Vega, pioneiro do punk da banda Suicide, falecido em 16 de julho. Em 2011, o LCD Soundsystem tocou em um épico "último show" no Madison Square Garden, que durou mais de três horas e que virou documentário. Mas a banda voltou a se reunir este ano para tocar em uma série de festivais, começando pelo Coachella, na Califórnia.

Apostando em um mercado crescente de música ao vivo, os promotores do Coachella criaram o festival Panorama, o segundo grande festival de rock em Randalls Island em Nova York, depois do Governors Ball.

Com instalações artísticas de alta tecnologia e pistas de dança com ar condicionado, o Panorama tenta se distinguir de outros festivais. A cantora australiana Sia, que cobriu o rosto com um coque gigante e uma peruca metade branca, metade preta, foi outra dos artistas que tocaram no último dia do festival.

 

Mais conteúdo sobre:
CalifórniaMúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.