Kylie Minogue é condecorada com medalha das Artes e Letras

A ministra de Cultura da França detacou a "simplicidade e naturalidade" da cantora

06 de maio de 2008 | 17h03

A cantora australiana Kylie Minogue foi condecorada em Paris na última segunda-feira, 5, com a medalha de cavalheiro da ordem das Artes e as Letras, em cerimônia na qual foi acompanhada de seus pais.   A ministra de Cultura da França, Christine Albanel, foi a encarregada de colocar a medalha na estrela pop, de 39 anos, da qual destacou sua "simplicidade e naturalidade", que a afastam do "frio ícone irreal da perfeição", e a "coragem" que mostrou quando revelou ao público que sofria de câncer de mama.   "Ao fazê-lo, favoreceu a conscientização. Alguns médicos inclusive falam de um 'efeito Kylie' que estimulou jovens mulheres a se submeter regularmente a exames", indicou a ministra, que qualificou a cantora de "princesa do pop e rainha incontestável do baile".   Kylie, que amanhã iniciará no pavilhão parisiense de Bercy sua turnê européia, disse ser "apaixonada da França", uma história de amor que, afirmou, "floresce como uma primavera eterna".  

Tudo o que sabemos sobre:
kylie minoguefrançacondecoração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.