REUTERS/Shannon Stapleton
REUTERS/Shannon Stapleton

Kesha retorna com a música 'Praying' e anuncia novo álbum

Cantora passou um bom tempo sem lançar material inédito por conta do processo que moveu contra o produtor Dr. Luke, por abuso físico e psicológico

O Estado de S.Paulo

06 de julho de 2017 | 10h42

A cantora norte-americana Kesha está de volta com uma nova música intitulada Praying, lançada nesta quinta-feira, 6, já com um videoclipe. A música serve como primeiro single do vindouro álbum Rainbow, o seu primeiro lançamento oficial desde o álbum Warriors, de 2012.

O motivo de tanta demora entre os lançamentos de Kesha é bem conhecido. Nos últimos anos, a cantora travou uma longa batalha judicial para tentar se livrar do contrato com o produtor conhecido como Dr. Luke, dono da sua gravadora, a Kemosabe Records, uma empresa ligada à Sony. No processo, em que não conseguiu a vitória, Kesha alegou que sofreu abuso físico e psicológico de Luke. 

Mesmo sem ter conseguido se desligar totalmente da Kemosabe Records, Kesha conseguiu falar sobre toda a sua luta na música Praying. O clipe da canção começa com um depoimento bem emocional da cantora. "Por que eu fui abandonada por todos e por tudo que eu já conheci ou já amei?", questiona antes de começar a canção. "Deus, me dê um sinal ou eu terei que desistir. Não posso continuar. Por favor, me deixe morrer."

No vídeo, Kesha aparece mantendo o visual colorido pelo qual ficou conhecida, mas sem glitter. Já em relação à música, a faixa é bastante diferente de suas primeiras canções, que possuíam uma sonoridade mais eletrônica e letras mais divertidas.  

Com 14 faixas inéditas, o novo álbum de Kesha, Rainbow, será lançado no dia 11 de agosto. 

 

Mais conteúdo sobre:
KeshaDr. Luke

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.