AP
AP

Keith Richards ataca Apple e defende a música tocada em CD, LP e cassete

Músico crê que os fanáticos por música estão sendo 'enganados' pelo som que sai de aparelho

01 de maio de 2013 | 18h29

Fã da velha escola do rock’n’roll, o guitarrista Keith Richards não quer nem saber de formatos digitais. "Não tenho um iPod... Tendo dito isso, sigo ouvindo música em CDs e vinil. Às vezes, fitas cassete. O som é muito melhor", disse o guitarrista, antes da estreia da nova turnê dos Rolling Stones, 50 & Counting, em Los Angeles.

"Minha mulher tem. Meus filhos têm. Peço que busquem isso ou aquilo, toquem de novo uma música. Sei lá como fazem isto. Não tenho controle da tecnologia", completou. O músico, de 69 anos, crê que os fanáticos por música estão sendo "enganados" pelo som que sai do aparelho, lançado pela Apple, em 2001.

Com informações da AP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.