Arquivo/AP
Arquivo/AP

Keith Richards anuncia nova turnê do Rolling Stones em 2011

Guitarrista afirma que a banda vai tocar até que a expulsem dos palcos

EFE

27 de outubro de 2010 | 18h03

Os Rolling Stones querem seguir fazendo shows enquanto tiverem palco, e preparam uma nova turnê para 2011. É o que afirma o guitarrista do grupo, Keith Richards, em uma entrevista que será publicada nesta quinta-feira, 28, no semanário alemão Stern.

 

Um grupo como os Rolling Stones "só se abandona no caixão", disse o artista, que explica que todos na banda adoram turnês e que, na próxima, pensam em tocar até que os expulsem do palco.

 

A turnê de 2011 será diferente da anterior, já que "não deve haver grandes shows em estádios, e sim em salas menores, em poucas cidades, talvez tocando por vários dias, até que nos expulsem", afirma.

 

Na entrevista, Richards, que acaba de publicar uma autobiografia de 700 páginas com o título de "Life (vida)", lembrou que, quando criança, cantou no coral da igreja de Westminster perante a rainha Elizabeth. Também citou o fato de ter passado anos usando um chapéu com uma pena para esconder uma seringa.

 

Polêmico, disse ainda que só sobreviveu ao abuso de drogas no passado porque consumia apenas a "mais pura e melhor mercadoria, vinda direto do laboratório. "Raramente comprei nas ruas", confessa Richards. Para ele, as substâncias ilícitas jamais afetaram sua capacidade musical.

 

Richards também conta o seu segredo para tocar: tirar a sexta corda da guitarra. "O som é mais claro, mais aberto. A sexta é obsoleta. Então, fora!", explica.

Tudo o que sabemos sobre:
Rolling StonesKeith Richards

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.