Divulgação
Divulgação

Kanye West diz que capa de novo álbum foi censurada

Arte do novo álbum traz desenho de mulher branca, nua, sobre homem negro

Estadão.com.br,

19 de outubro de 2010 | 18h21

Kanye West gosta de polemizar. Prestes a lançar disco novo, o rapper publicou nesta terça-feira, 19, em seu perfil no Twitter, um link para a arte do álbum. A capa de My Beautiful Dark Twisted Fantasy, 5º da carreira, traz o desenho de uma mulher branca com asas, nua, deitada sobre um homem negro que tem uma garrafa em uma das mãos.

 

"Banido nos EUA!!! Eles não me querem descansando no sofá com minha fênix", tuitou o cantor. Segundo West, redes de varejo dos EUA teriam se negado a colocar o disco em suas prateleiras. "Nos anos 70, capas de discos traziam nudez. É tão engraçado as pessoas se esquecerem disso... Tudo tem se tornado tão comercial agora", disse o rapper, ainda no serviço de microblog.

 

Na noite de segunda-feira, 18, West falou a jornalistas nos EUA sobre o clipe do segundo single do novo trabalho, Runaway, que estreia na MTV de lá no próximo fim de semana. Durante o encontro, o astro revelou ter considerado suicídio tempos atrás. Mas disse que, agora, se considera um novo homem. "Não vou desistir da vida novamente", declarou.

 

O rapper também falou sobre o "ano difícil" que passou após ter subido ao palco do VMA, em 2009, e arrancado o microfone das mãos de Taylor Swift para dizer que, ao invés da cantora country, Beyoncé deveria ter sido premiada pelo melhor clipe do ano. "Eu tinha perdido tudo", contou, relembrando a morte de quatro membros da família - incluisive a mãe - em apenas três anos.

Tudo o que sabemos sobre:
kanye west

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.