Suzanne Cordeiro/AFP Photo
Suzanne Cordeiro/AFP Photo

Justin Timberlake volta a se apresentar no intervalo do Super Bowl

A NFL, liga nacional de futebol americano, confirmou que cantor vai se apresentar na próxima edição, em fevereiro de 2018

O Estado de S.Paulo

23 Outubro 2017 | 05h34

A NFL confirmou neste domingo, 22, os boatos de que Justin Timberlake vai se apresentar no show do intervalo do Superbowl em fevereiro de 2018.

Pela primeira vez desde 2004, o vencedor do Grammy vai retornar ao palco do programa de TV mais assistido dos Estados Unidos.

Em 2018 o Superbowl será realizado em Minneapolis. Esta será a terceira vez que Timberlake se apresenta, considerando sua apresentação de 2001, com o grupo 'N Sync.

+ Kate Winslet e Justin Timberlake estão no trailer do novo filme de Woody Allen

Essa apresentação foi esquecida por conta da polêmica que ocorreu em 2004, quando o cantor, inadvertidamente, expôs parte dos seios da colega Janet Jackson, com quem dividia o palco. A nudez parcial causou furor e fez com que a rede de televisão CBS fosse multada, embora a multa tenha sido revertida no tribunal.  A rede se desculpou com a liga nacional de futebol americano (NFL) e culpou a MTV, que produziu o show do intervalo.

Há sete anos os show de música pop no intervalo do Superbowl foram retomados , incluindo artistas como Black-Eyed Peas, Madonna, Beyonce, Bruno Mars, Katy Perry e Lady Gaga , além do Coldplay.

Ontem, Timberlake divulgou as boas novas em sua conta do instagram, em um vídeo que contou com a participação do apresentador Jimmy Fallon.  Na sequência, ele deu entrevista ao programa "Sunday Night Football", da rede NBC, que deve transmitir o Superbowl desse ano.

 

I DO have the time. Half the time... #PepsiHalftime #SBLII @Pepsi @NFL @JimmyFallon @FallonTonight

A post shared by Justin Timberlake (@justintimberlake) on

A conversa logo chegou até a polêmica ocorrida em sua última apresentação com Janet Jackson. "Isso não vai acontecer dessa vez", garantiu o cantor. Ele acrescentou que assitiu a muitos shows do intervalo para garantir que ele não vai repetir nada do que já tenha sido apresentado antes. 

+ Pharrell Williams, Justin Timberlake e Ariana Grande se apresentam em Charlottesville

Timberlake brincou, dizendo que, aos 36, ele definitivamente não vai pular do teto do estádio, como Lady Gaga fingiu fazer no último Superbowl, em fevereiro. 

Nas redes sociais, alguns fãs se disseram decepcionados com o fato de Janet Jackson não ter sido convidada, já que, ao contrário de Timberlake, sua carreira sofreu com a repercussão negativa após o incidente em 2004. Um representante da NFL não quis comentar o assunto.

O cantor falou sobre o fato de não ter sido tão prejudicado quanto ela em uma entrevista concedida à MTV em 2006. "Acho que tenho 10% da culpa. Isso diz algo a respeito da sociedade. Acho que a América é mais dura com as mulheres e injusta com pessoas negras", disse na época. / Washington Post

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.