Scott Roth/AP e Jordan Strauss/AP
Scott Roth/AP e Jordan Strauss/AP

Justiça proíbe Chris Brown de se aproximar de ex-namorada

Karrueche Tran acusou o rapper de tê-la agredido e a ameaçado de morte

AFP

22 de fevereiro de 2017 | 13h59

O astro americano de hip-hop Chris Brown foi proibido pela Justiça de se aproximar de uma de suas ex-namoradas, a modelo Karrueche Tran, depois que ela o acusou de tê-la agredido e ameaçado de morte.

De acordo com documentos divulgados nesta terça, um tribunal de Los Angeles estabeleceu a proibição. Em caso de descumprimento da ordem judicial, Brown pode ser preso.

A modelo americana, de 28, que teve uma relação conflituosa e irregular com o cantor, de 27, denunciou que, há alguns anos, Brown lhe deu um soco na barriga e a jogou da escada. Na época, ela não prestou queixa.

Karrueche pediu a medida de proteção, alegando que, recentemente, Brown passou a lhe enviar mensagens com ameaças de morte.

Esse não é o primeiro problema do cantor com a Justiça envolvendo temas de violência doméstica. Em 2009, antes da festa de premiação do Grammy, agrediu sua então namorada, a estrela do pop Rihanna.

No ano passado, foi detido por suspeita de agressão a mão armada contra uma jovem. A Polícia não encontrou armas em sua casa. Seu advogado afirmou, na época, que seu cliente foi alvo de uma armação, sendo obrigado a pagar uma fiança de US$ 250 mil.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.