Julgamento arrasou Michael, diz Jermaine Jackson

Jermaine Jackson disse aos jornalistas nesta sexta-feira que o julgamento de seu irmão Michael por abuso sexual de um menor "acabou com ele mentalmente" e deixou o astro pop muito exausto para ir à festa de aniversário de 76 anos do pai deles em um hotel de Berlim.Centenas de fãs, muitos caracterizados como Michael Jackson, se juntaram nas portas do hotel Estrel em Berlim, local da festa. Michael disse em uma declaração em seu site oficial que não iria à festa."Está tudo bem, ele estava muito cansado e está descansando", disse Jermaine. "O caso dele acabou com ele mentalmente. Ele é muito forte mentalmente, mas ele precisa descansar agora". Jermaine e Tarino foram os únicos irmãos Jackson a comparecerem à festa, depois que as irmãs Janet e LaToya também cancelaram a viagem para Berlim.Os Jacksons serão recebidos pelo prefeito de Berlim, Klaus Wowereit, na prefeitura da cidade, onde assinarão o livro de visitantes.

Agencia Estado,

22 de julho de 2005 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.