Juiz manda Michael Jackson pagar US$ 60 mil a ex-mulher

Os problemas legais e financeiros de Michael Jackson continuam. O juiz Robert A. Schnider, de Los Angeles, mandou o cantor pagar US$ 60 mil a sua ex-mulher Deborah Rowe. O valor cobre parte das despesas de Rowe com advogados durantesua batalha legal para recuperar o direito de visitar os dois filhos que teve com o astro. O juiz deu a Michael Jackson, de 47 anos, prazo até 28 de setembro para fazer o pagamento. Rowe, segunda mulher do cantor, tinha pedido US$ 195 mil para cobrir seus custos legais. Mas o juiz afirmou em sua decisão que aex-mulher recebeu um acordo econômico de US$ 8 milhões e, por isso,seria capaz de pagar sua parte. Rowe é a mãe dos dois filhos mais velhos do cantor, Prince Michael Joseph Jackson Jr., de 9 anos, e Paris Michael Katherine Jackson, de 8. Depois do divórcio, em 1999, ela cedeu seu direito de visitar os filhos, deixando-os sob a total custódia do pai. No entanto, após as acusações de abuso sexual que levaram o ídolo pop a julgamento no ano passado, mudou de opinião e reivindicou o direito devisitar seus filhos. A disputa ainda está aberta. Os advogados das duas partes afirmaram que esperam um acordo fora dos tribunais dentro de umaSemana. No julgamento, Michael Jackson foi absolvido de todas as acusações de pedofilia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.