Juiz discutirá outras acusações de Jackson no tribunal

O juiz do caso em que o cantor Michael Jackson é acusado de abuso sexual de menores decidiu hoje que as discussões sobre as outras acusações de abuso sexual contra o cantor acontecerão em corte aberta.A decisão do juiz da Corte Superior Rodney Melville foi uma vitória para a imprensa e a acusação, que se opunham ao debate ser realizado a portas fechadas. "Fiquei feliz pelo juiz ter decidido que tais audiências deveriam acontecer no tribunal", disse o advogado Theodore Boutrous Jr. O juiz disse que vai agendar as audiências depois que o júri for escolhido. Jackson não compareceu à audiência de hoje. O astro de 46 anos é acusado de abusar sexualmente de um garoto, além de oferecer-lhes bebidas alcoólicas e substâncias tóxicas. O julgamento começa em 31 de janeiro.

Agencia Estado,

12 de janeiro de 2005 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.