Efe - 19/04/05
Efe - 19/04/05

Juiz decidirá nesta segunda sobre herança de Michael Jackson

Cantor determinou que familiares fossem afastados da gestão de sua fortuna, mas Jacksons recorreram

Efe,

03 de agosto de 2009 | 09h24

O juiz Mitchell Beckloff, da Corte Superior do condado de Los Angeles, se pronunciará nesta segunda-feira, 3, sobre a gestão da herança de Michael Jackson e a tutela definitiva dos filhos do "rei do pop".

 

Veja também:

mais imagens Veja galeria de fotos
link Mãe lutará na Justiça por herança do cantor

 

Em uma aguardada audiência, Beckloff terá que decidir se mantém o advogado John Branca e o executivo John McClain como administradores únicos dos bens deixados por Michael ou se concede à mãe do cantor, Katherine, poderes para compartilhar esta responsabilidade, como quer a família do artista.

 

No dia 6 de julho o magistrado concedeu temporariamente a Branca e a McClain o controle sobre os ativos de Michael, em cumprimento do testamento datado em 2002, no qual o cantor os nomeava gerentes de seu império, a fim de que fizessem crescer seu patrimônio e herança após sua morte.

 

Em sua última vontade conhecida, Michael afastou seus parentes da administração de seus bens. Sua família não gostou dessa decisão e tenta agora judicialmente que Katherine tenha acesso à tomada de decisões sobre o patrimônio do "rei do pop".

 

A mãe do artista deverá obter na audiência o sinal verde do juiz para se tornar a tutora legal dos três filhos de Michael, Prince Michael, de 12 anos, Paris Michael, de 11 e Prince Michael II, de sete.

Tudo o que sabemos sobre:
Michael Jacksonherança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.