Jota Quest lança disco mais pesado da carreira

Chega às lojas de disco de todo o país na sexta-feira, com tiragem inicial de 400 mil cópias, o novo disco da banda mineira Jota Quest. Oxigênio é o terceiro e mais pesado trabalho de Rogério Flausino e sua trupe. São 14 faixas que alternam o balanço tradicional do conjunto, reminiscências de black music, baladas adocicadas e muito rock and roll. É sem dúvida o mais bem tocado disco dos rapazes. E também o que deve colocá-los no hall dos artistas populares que superaram a marca de 1 milhão de cópias vendidas de um único trabalho.Oxigênio, apelidado pelo guitarrista Marco Túlio Lara (Tatu) de Jota Quest & Friends, conta com participação especial de Zé Ramalho, Milton Nascimento, Nando Reis, Ed Motta e Carlinhos Brown. Há também uma regravação, Um Raio Laser, de Pepeu Gomes e Baby do Brasil. Nas letras, que continuam a ser o ponto fraco dos mineiros, contribuições de Paulinho Pedra Azul, Márcio Buzelin, Fernanda Mello e Bruno Levinson, antigos companheiros de estrada. Wilson Sideral, que assina a letra e a música de Fácil, hit que alavancou a carreira do Jota, não participou desta vez. "Isso o estava prejudicando. O fato de nossa voz ser parecida e de a gravadora ter associado a imagem do Jota Quest à carreira dele atrapalhou mais do que contribuiu", explica o irmão Flausino. Tudo no Jota Quest é pensado à exaustão, premeditado. Do envolvimento com patrocínios privados ? quem não se lembra da propaganda da Fanta? ?, aos cortes de cabelo. Não poderia ser diferente no que diz respeito ao som. "Percebemos que quanto mais pesado soamos, mais agradamos nos shows. Sempre tivemos veia rockeira, começamos a querer ser músicos ouvindo o rock nacional dos anos 80. Por isso, fizemos um disco bem rock and roll", diz Flausino. E emenda: "A gente é uma banda pop. E o bom de ser uma banda pop é que nós podemos fundir tudo ao nosso som, rock, black music, soul e MPB". No segundo semestre, os mineiros farão palestras em escolas e faculdades de todo o país. "Iremos abordar temas como a banda, rock and roll, mas também falaremos sobre o que achamos que é necessário para construir um mundo melhor", conta Flausino. A turnê nacional, que pretende superar a marca de 200 shows num ano, inicia-se em Sorocaba, no interior paulista. Em São Paulo, tocam dias 1 e 2 de setembro, provavelmente no Olímpia.Confirmaram também presença na terceira edição do Rock in Rio. "Nos agrada o tema do festival: "Por um Mundo Melhor", diz Tatu. No encarte do novo disco, o lado militante do Jota Quest fica explícito. Uma das páginas é destinada ao Greenpeace. Lê-se em letras garrafais o aviso: Junte-se a nós. O envolvimento entre a Ong e a banda não é recente. Em novembro de 1998, na Universidade Federal de Santa Catarina, o Jota Quest fez um show valendo-se apenas de energia solar para dar carga aos amplificadores e sistema de iluminação. Um feito inédito de que os músicos muito se orgulham. Oxigênio ? A primeira faixa, que leva o nome do disco, é rock bem dançante. Música de trabalho com clipe na MTV e execução constante em rádios, Oxigênio tem tudo aquilo que faz dos mineiros sucesso entre os adolescentes. Como De volta ao planeta..., não falta o refrão melódico e a levada ao estilo Jorge Bem dos últimos discos. Dois Mundos e Tele-Fome são as sucessoras de O Vento. Música para as meninas ouvirem abraçadas ao ursinho de pelúcia, esperando pelo príncipe encantado. O Que Eu Também Não Entendo é Flausino tentando ser Renato Russo, ao menos, na letra: "Se isso não é amor, o que mais pode ser". Passa longe, mas vale pela audácia. Destaque também para a regravação de Um Raio Laser, que ficou com um suingue agradável e para a participação de Milton em Desses tantos modos.O Jota Quest pode estar longe de ser uma banda inovadora. Pelo contrário, gosta de fazer sucesso e abdica de qualquer experimentalismo em função disso. Como diz o texto de apresentação da gravadora, são inúmeros os predicados dos mineiros: musicalidade afiada, alto-astral, simpatia, sex-appeal, senso de palco e bom uso das ferramentas de marketing. Este último, com certeza, o principal motivo para o Jota Quest ser o que é.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.