Jon Bon Jovi admite que nunca foi santo na vida

Cantor assume que já 'perambulou pelo lado negro' do mundo do rock

EFE,

16 Outubro 2007 | 10h42

O cantor Jon Bon Jovi, vocalista do grupo Bon Jovi, revelou que, apesar de estar 18 anos casado com Dorotea, o amor de sua juventude e com quem tem quatro filhos, não é "um santo" e já perambulou pelo "lado negro" do mundo do rock.   "Estou numa das maiores bandas de rock do mundo há 25 anos. Não fui nem sou um santo", revela à edição de novembro da revista Best Life.   "Perdi uma tonelada de aniversários e de apresentações em escolas. Mas, claro, Dorotea sabia no que estava metida. Ela não chegou (à minha vida) na metade do caminho", disse Bon Jovi.   No próximo dia 25, o cantor e sua banda iniciarão por Nova Jersey a turnê de divulgação de seu novo álbum, chamado Lost Highway.   "Eu não tenho outra mulher ou outra família por aí. Você nunca lerá algo assim sobre mim", disse o artista, que garante estar tempo o suficiente no mundo do rock para saber que ele tem um lado negro.   O cantor diz que aproveitou a vida quando era novo e que, nos tempos de escola, era "um menino brincalhão", que todas (as mulheres do bairro) queriam conhecer.   "Minha mãe não ficava muito feliz com algumas das coisas que via. Eu era bastante selvagem. Mas isso foi há muito tempo", conta na entrevista.   Outra coisa da qual se afastou enquanto era jovem foi das drogas. "Essa coisa das drogas aconteceu quando era muito novo. Mas também aprendi cedo, porque estava muito envolvido. Sempre achei que não tinha estabilidade mental para lidar com as drogas", acrescentou.   Bon Jovi e sua mulher se casaram em 1989. O casal tem uma filha, Estefania, de 14 anos, e três filhos: Jeese, de 12; Jake, de 5; e Romeo, de 3.   "Eu sou o que tem a voz de pai, e, se for preciso, uso-a. Definitivamente, tenho temperamento, embora não seja um pai irritado", declarou o cantor.

Mais conteúdo sobre:
Jon Bon Jovi santo vida

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.