Gabriela Bilo/Estadão
Gabriela Bilo/Estadão

Johnny Hooker participa ao vivo do 'Estadão + Música' desta quarta-feira

Músico fala sobre sua trajetória, os dois discos de estúdio e os shows que fará em SP nos dias 21 e 22 de abril

O Estado de S.Paulo

03 Abril 2018 | 15h58

Johnny Hooker, uma das vozes mais interessantes da nova safra da música popular brasileira, é a atração desta semana do Estadão + Música. O cantor e compositor nascido no Recife, em Pernambuco, já tem dois discos de estúdio: Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Te Amarrar, Maldito! (2015) e Coração (2017).

+++ Novo disco de Johnny Hooker fala sobre ex-amores, superação e luta contra a depressão

Além de músico, Johnny Hooker também é diretor e ator. Na novela Geração Brasil (2014), interpretou o personagem Thales Salgado. No cinema, atuou em Tatuagem, do diretor Hilton Lacerda.

+++ Rock in Rio: Johnny Hooker, Liniker e Almério fazem show mais político do festival

Uma das composições mais interessantes de Coração, segundo disco de Hooker, é sua parceria com a cantora Liniker. Em Flutua, os dois artistas fazem um dueto interessante. Inspirada em uma história de amor abertamente gay, a canção cria uma atmosfera grandiosa para falar de resistência e de um afeto que ultrapassa obstáculos. A capa do single, que mostra Hooker e Liniker se beijando, gerou polêmica em agosto do ano passado.

Hooker, que fará dois shows em São Paulo nos dia 21 e 22 de abril no Sesc Bom Retiro, também se apresentou no Rock in Rio 2017 ao lado de Liniker e Almério. O show foi considerado um dos melhores do Palco Sunset pelos repórteres de música do Estado.

+++ Androginia soturna do cantor Johnny Hooker chega a São Paulo

O artista conversa ao vivo com o repórter João Paulo Carvalho nesta quarta-feira, 4. O bate-papo começa às 15h e é transmitido na página do Cultura Estadão no Facebook. Participe, mande sua pergunta!

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.