Johnny Alf encontra Sardinha´s Club

Johnny Alf conheceu a música do grupo carioca Pagode Jazz Sardinha´s Club por meio do baterista Xande Figueiredo. Integrante do conjunto, Figueiredo tocava como free lance para Alf, quando estava no Rio. O pianista percebeu uma sonoridade diversificada, mas extremamente autoral. "Um resumo de vários estilos brasileiros e urbanos", conta Alf. Contudo, o encontro rendeu mais do que admiração. Nesta sexta e sábado, o Pagode Jazz Sardinha´s Club apresenta-se no Sesc Pompéia e conta com a participação especial de Johnny Alf."Eu gostei muito deles, compreende?", diz Alf. "E ainda não estou pensando no meu próximo disco, mas, sem dúvida, o resultado do que houve nesses ensaios foi muito feliz." A impressão do grupo foi recíproca. "Além de ser um dos nossos ídolos, houve um casamento musical ótimo", afirma o violinista e bandolinista Rodrigo Lessa, também integrante do conjunto Nó em Pingo D´Água, que está gravando um CD com Ney Matogrosso.Primeira parte - O repertório da abertura do show é baseado no primeiro CD (tem o mesmo nome do conjunto), lançado no ano passado. Alf não entra nesse momento inicial. "As nossas composições têm muito do universo musical carioca, como o samba, o choro e o funk", explica Lessa. Além disso, interpretam as músicas Carinhoso, de Pixinguinha e Braguinha, A História de um Valente, de Nelson Cavaquinho e José Ribeiro de Souza, e Luz Negra, também de Nelson em parceria com Amâncio Cardoso.O grupo foi formado há uns dois anos, mas todos são instrumentistas de carreira sólida. O verdadeiro pagode - que, na verdade, não é ritmo, e sim uma reunião de músicos ou sambistas que fazem boa música, acompanhada de bom tira-gosto e bate-papo - é feito pela musicalidade de Rodrigo Lessa (violão e bandolim), Edson Menezes (baixo), Lula Galvão (violão e guitarra), Marcos Esguleba (percussão), Eduardo Neves (sax e flauta), Xande Figueiredo (bateria) e Roberto Marques (trombone).Além do nome bastante original, inspirado no Beco das Sardinhas, ponto de encontro de músicos e boêmios, a sonoridade do grupo é um ganho para a música popular brasileira. Pagode Jazz Sardinha´s Club é uma soma do cotidiano musical do Rio e das experiências pessoais de cada um dos seus integrantes. Tem gente do grupo que toca com Guinga, com Zeca Pagodinho, Hermerto Paschoal e com os Titãs.No encarte do CD, o antropólogo Hermano Vianna compara o estilo musical do grupo ao dos 8 Batutas (que tinha na formação Pixinguinha e Donga). "O Pagode Jazz Sardinha´s Club toca samba maxixe, funk, choro, jazz, jongo", escreve, referindo-se ao fato de que os 8 Batutas também tocavam vários ritmos presentes no território nacional. "Pode haver maior delícia na vida do que um harmonioso solo de trombone carioca em cima dessa confusão toda?"Segunda parte - "O Johnny sacou a nossa idéia de fazer essa soma musical bem-feita, até porque ele tem um pouco disso" diz Lessa. "Queremos levar essa nossa característica festiva, celebrativa para as suas obras." A segunda parte tem a presença no palco de Alf e do grupo, que vão tocar as composições do pianista. "Vamos reler as minhas principais músicas", diz o compositor. "O público é, na verdade, que decide o roteiro." Além disso, ele faz homenagem ao amigo João Nogueira, interpretando a música "Tempo à beça".Nos anos 50 e 60, quando a bossa nova revolucionava a música popular brasileira, quem queria cantar moderno se inspirava em João Gilberto ou em Johnny Alf. E o pianista e compositor Johnny Alf não é sinônimo de modernidade apenas para as décadas passadas. Ele toma como exemplo a atitude profissional de Miles Davis. "Ele afirmou que o músico deve sempre se atualizar e fez isso em toda a sua carreira." Um dos motivos que justifica, no ano passado, o justo Prêmio Shell.Alf acredita que as suas canções ganham o vigor da contemporaneidade com a presença dos jovens músicos que o acompanham, que, no caso, não participarão. "Mostro meus improvisos, a bossa nova, as minhas influências do jazz e eles dão as cores da atualidade", diz. O mesmo que fará amanhã e sábado, com o Pagode Jazz Sardinha´s Club. Pagode Jazz Sardinha´s Club & Johnny Alf - Amanhã, às 21h30 e sábado, às 22 horas. R$ 5,00 e R$ 10,00. Choperia do Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93, tel. 3871-7700. Até sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.