John Pizzarelli apresenta sua bossa sedutora

O cantor e guitarrista norte-americano John Pizzarelli, mais cool dos cantores de Nova York, acaba de gravar um disco só com standards da MPB, Bossa Nova, pela Telarc, e está em São Paulo, onde se apresenta de hoje a sexta no Bourbon Street. "Quando eu tinha uns 20 anos, uma namorada me deu uma fita que tinha artistas como Toninho Horta, Milton Nascimento. Tinha também uma faixa com Elis Regina cantando, com arranjo de Cesar Camargo Mariano. Quando ouvi aquilo, foi uma coisa mágica, senti que havia uma grande conexão comigo, com o que eu pretendia com a música. Desde então, procurei conhecer a música do Brasil, e agora faço um movimento arriscado, que é gravá-la", conta ele, que está com medo de sua empreitada.Mas Pizzarelli não está sozinho no projeto. Tem bons cúmplices, entre eles o baterista Paulo Braga e Daniel Jobim, filho de Tom Jobim, que integrarão a banda (mais Martin Pizzarelli e Ray Kennedy). Pizzarelli gravou 13 standards da bossa, entre eles One Note Samba, Desafinado, Só Danço Samba, Águas de Março e Garota de Ipanema. Mas também coisas menos óbvias, como Fascinatin? Rhythm, de George Gershwin, e Your Smiling Face, de James Taylor. E a italiana Estate, do repertório de João Gilberto.No final de tudo, uma homenagem a um amigo brasileiro, que foi um "anfitrião fantástico", segundo ele conta: o apresentador Jô Soares, para quem ele compôs Soares Samba.John Piazzrelli - Bourbon Street. Rua dos Chanés, 127, Moema. 5095-6100. Hoje, às 22 horas; amanhã e sexta às 21 horas e às 23 horas. Couv.: R$ 90 a R$ 150.

Agencia Estado,

19 de outubro de 2004 | 11h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.