Ronald Zak/ AP
Ronald Zak/ AP

'John Lennon não tinha bulimia', diz Yoko Ono sobre declarações de livro

Autora de 'Backtage Pass Vip', Debra Sharon Davis, alega que ex-Beatle tinha distúrbio alimentar

estadão.com.br,

07 de março de 2012 | 15h47

SÃO PAULO - Yoko Ono negou as informações publicadas pela escritora Debra Sharon Davis no livro Backstage Pass VIP de que o Beatle John Lennon  sofria de bulimia e era viciado em junk food - vasilhas de sucrilhos com sorvete por cima, segundo o livro -, informou o site britânico Daily Mail.

 

A viúva do músico manifestou-se dizendo que Lennon sempre teve hábitos alimentares saudáveis e não tinha nenhum distúrbio. "Às vezes ele escorregava e comia uma barra de chocolate. Sua dieta incluía vegetais, macrobióticos e, raramente, só sucos" diz Yoko, contradizendo Davis.

 

No livro, a autora diz que John Lennon "odiava a sensação de estar cheio" e que "era cercado por músicos talentosos, mas muitos tinham problemas com bebidas e drogas, então era difícil para eles enxergar o comportamento de Lennon como anormal". A obra conta com o testemunho de um amigo de Lennon, Harry Nilsson.

 

John Lennon morreu em 1980, aos 40 anos, assassinado na entrada do apartamento onde vivia com sua esposa em Nova York.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.