Jô Soares e sexteto fazem show em SP

Não é mais um sexteto, mas umsepteto. O grupo jazzístico de Jô Soares faz temporada nesteferiadão no DirecTV Music Hall, esmerilhando o show que rendeuum disco ao vivo no ano passado. "Show é coisa que se escreveno palco, que vai evoluindo conforme a gente apresenta", diz oapresentador, humorista, escritor, jornalista, ator, âncora ecantor Jô Soares.Segundo o humorista, um espectador de seu programa de TVo procurou na saída de um show com o sexteto e disse: "Quemaravilha: vocês sabem tocar uma música inteira!" Como o grupoatua em geral fazendo introduções e algum intermezzo na TV, opúblico acaba não sabendo do que são capazes.O fato é que o saxofonista e flautista Derico Sciotti(celebrizado como Assessor para Assuntos Aleatórios de Jô); obaixista Ubirajara Penacho dos Reis, o "Bira"; o bateristaMilton Britto, o "Miltinho"; o pianista e tecladista OsmarBarutti, o maestro Osmar; o guitarrista Carlos Nascimento, o"Tomati"; e o trompetista Chiquinho Oliveira não sãoexatamente iniciantes. Têm longa folha corrida de shows na noitebrasileira. A direção do show é de Willen Van Weerelt.Ladeados pelo seu anfitrião, Jô (voz, trompete e bongô),eles mostram um repertório amplo em Um Gordo + Seis. Que vaide My Funny Valentine a Let´s Get Lost. Comomestre-de-cerimônias, Jô Soares engorda o roteiro com umasucessão de histórias sobre a mitologia do jazz, boa parteengraçada."As pessoas adoram tomar conhecimento dessas coisas."Segundo Jô, a atitude "concertística" que o jazz adquiriu fezcom que o grande público se afastasse do gênero. Ele destaca,entre as novas gerações, dois artistas excepcionais: CourtneyPine e Nicholas Payton."Nasci num hospital alemão do Rio, na Gávea, às 10horas da noite do dia 16 de janeiro de 1938", conta ele, noshow que virou disco, gravado no Bourbon Street no ano passado."Exatamente nesse momento, Benny Goodman atacava no CarnegieHall o primeiro concerto de jazz que foi feito lá", exagera, emuma das boas gags do concerto.Jô Soares formou seu grupo inicialmente como um quarteto, depois como um quinteto e agora, finalmente, como um sexteto -acrescido de um one man show. Quando ele estava no SBT, o grupocelebrizou-se como o Quinteto Onze e Meia, que era o nome doprograma.Jô Soares e o Sexteto. Amanhã (15), às 21h30; sexta esábado, às 22 horas; e domingo, às 20 horas. De R$ 40,00 a R$110,00. Ingressos antecipados de R$ 30,00 a R$ 70,00. DirecTVMusic Hall. Avenida dos Jamaris, 213, tel. 5643-2500. Atédomingo. Patrocínio: Volkswagen Bora e Phytoervas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.