Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Jerry Lee Lewis lança disco e garante que não pensa em se aposentar

Lendário roqueiro revela vontade de fazer parceria com Bob Dylan

EFE

28 de setembro de 2010 | 12h53

O pioneiro e lenda do rock presenteia seus fãs com "Mean Old Man", seu novo disco, repleto de grandes estrelas da música, um sinal de que deixa claro que não pensa em se aposentar tão cedo.

 

"Amo o meu público. Não tenho planos de parar e jamais terei enquanto puder me apresentar. Amo minha profissão", explicou o legendário música que completará 75 anos nesta Quarta-feira (29) e que continua ativo após mais de meio século se dedicando de corpo e alma ao rock.

 

Intérprete de clássicos como Whole Lotta Shakin'Goin' On" e "Great Balls of Fire", apresenta agoraum disco de canções próprias e versões - uma continuação de "Last Man Standing" (2007) - rodeado de artistas como Mick Jagger, Eric Clapton o Ringo Starr.

 

O místico roqueiro, que carrega consigo uma meslca de estilos "made in USA", como rock, blues, country e gospel, se encarregou de selecionar quase 20 temas que gravou junto aos artistas em sessões que se dividiram entre Memphis (Tennessee) e Los Angeles (Califórnia).

 

"São meus amigos e nos reunimos para fazer o que mais gostamos: tocar e nos entregarmos à música. Temos muita sorte de poder fazê-lo", disse Lewis. O disco inclui Keith Richards, Tim McGraw, Robbie Robertson, John Fogerty o Sheryl Crow e músicas como "Rockin' My Life Away", "Railroad to Heaven", "Please Release Me" e "You Are My Sunshine".

 

Assim como no disco, em sua carreira, Lewis trabalhou com incontáveis nomes da música, de Elvis Presley a Johnny Cash. Mas reconhece que ainda não realizou a vontade de fazer uma parceria com Bob Dylan. "Adoraria trabalhar com Bob Dylan algum dia. É um artista com um talento excepcional", disse o músico que já disputou o título de "rei do rock" com o próprio Elvis.

 

A música de Lewis resiste ultimamente entre o grande público graças ao musical em cartaz na Broadway, "Million Dollar Quartet" inspirado na jam session dele como Elvis Presley, Johnny Cash e Carl Perkins en 1956. A obra, em que o próprio cantor dirigiu e atuou, tem feito grande sucesso.

Tudo o que sabemos sobre:
Jerry Lee LewisrockBob Dylan

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.