Jerry Adriani faz show para beatlemaníacos

Jerry Adriani está mais uma vez às voltas com o som dos anos 60. Nada a ver com a Jovem Guarda. É que o cantor vai participar em agosto da Beatle Week, a semana de bandas covers dos Beatles no famoso pub de Liverpool, o Cavern Club. E ainda poderá sair de lá como o primeiro sócio de uma franquia do bar na América Latina. Quem não puder ir até lá, pode ver Jerry hoje no Tom Brasil.O convite para as apresentações inglesas surgiu de forma inusitada. Jerry havia entrado este ano em uma sociedade com um empresário carioca em um bar na Barra da Tijuca. Como o nome do lugar era Cavern Club, os representantes da marca no Brasil ameaçaram processá-lo.Quando o dono do pub de Liverpool soube que se tratava de um cantor que queria regularizar o bar como franquia, convidou-o a participar do evento. A Beatle Week ocorre há 16 anos no lendário pub da cidade natal dos "fab four" com bandas do mundo todo. Este ano os shows acontecem de 23 a 29 de agosto, reunindo 150 grupos de 40 países. Os brasileiros sempre participam e são elogiados.Desta vez, oito bandas nacionais estarão presentes. Participando de um evento paralelo, 23 membros da Escola de Samba da Mangueira também viajam a Liverpool. Os cariocas do Pepperband irão acompanhar Jerry, que leva a tiracolo Rick Ferreira, ex-guitarrista de Raul Seixas, e o tecladista Moisés Pedrosa.Para quem sempre achou que Jerry era mais ligado a Elvis - até gravou em 90 o álbum Elvis Vive - ele surpreendeu, confirmando ser um fã dos Beatles. "Nunca sonhei em tocar no Cavern Club", comemora o cantor, que irá pisar pela primeira vez na Inglaterra. Quanto à franquia do pub no Brasil, Jerry agora irá estudar propostas. "Pode ser montado no Rio ou em São Paulo, ainda vou resolver".O cantor fará quatro shows em Liverpool, dois no Cavern, um do lado de fora do bar e outro na convenção dos Beatles. A apresentação terá uma hora, começa com hits da Jovem Guarda, Raul Seixas, Legião Urbana e Barão Vermelho. Depois, entram Elvis e Beatles. "Pelo menos duas canções da Legião serão cantadas em inglês. Será, por exemplo, virou May Be", afirma Jerry.Paulistano do Brás, 54 anos, Jerry, ou Jair Alves de Souza, vive no Rio desde os anos 60, quando, junto com Roberto Carlos, Eramos Carlos e Ronnie Von, foi um dos expoentes da Jovem Guarda. Com uma carreira marcada pelo romantismo, mesclada às interpretações de canções em italiano - seu primeiro disco, de 1964, chamava-se Italianíssimo -, Jerry só "nasceu" para as novas gerações há dois anos.

Agencia Estado,

01 de agosto de 2001 | 10h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.