Jennifer Lopez processa ex-marido por publicação de livro

A atriz e cantora Jennifer Lopez processou seu ex-marido Ojani Noa. Noa afirmou novamente que publicaria um livro revelando detalhes da vida de Jennifer e da relação matrimonial dos dois caso não recebesse US$ 5 milhões.Na queixa apresentada nesta terça-feira na Corte Superior de Los Angeles, Jennifer disse que Noa violou um acordo de confidencialidade ao distribuir a editores uma prévia de seu livro, segundo informou o programa de televisão The Insider. Ela busca uma ordem judicial que evite a publicação do livro. O pacto de confidencialidade derivou de um acordo alcançado em outubro do ano passado, quando Noa retirou a queixa contra Jennifer - ele a culpava por ter sido demitido sem motivo do cargo de gerente de um restaurante em Pasadena. Uma descrição do livro foi publicada pelo jornal TheNew York Post em 11 de janeiro. Os advogados de Jennifer contactaram o advogado de Noa, David DeRubertis, e Noa, por sua vez, respondeu com uma carta deixando claro que estava procurando algum editor interessado em seu relato. Em outra carta, disse que não aceitaria não publicar o livro, ao menos que Jennifer lhe pegue US$ 5 milhões.Jennifer e Noa se conheceram quando ele trabalhava como garçom em um restaurante de Miami. O casal oficializou a união em 1997 e ficou apenas um ano junto. Em 2001, ela se casou com o coreógrafo Cris Judd e nove meses depois eles se separaram. Desde 2004, o marido de Jennifer é o cantor Marc Anthony.

Agencia Estado,

11 de abril de 2006 | 16h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.