Jennifer Lopez não se cansa de brilhar

Ela foi criada no bairro nova-iorquino do Bronx e trabalhou em lojas de perfumes e varrendo o chão de um salão de beleza. Mas apenas cinco anos depois de ter aparecido no musical Selena, Jennifer "J.Lo" Lopez é uma das mais reconhecidas estrelas americanas, uma holding que produz filmes, programas de TV e música, lança roupas e perfumes, comanda um restaurante em Los Angeles e tem lugar garantido na imprensa internacional também por seus relacionamentos.Nos últimos 12 meses, Jennifer Lopez casou-se e divorciou-se do dançarino Chris Judd e está agora namorando o ator Ben Affleck. Também lançou o filme Nunca Mais, que chega no dia 23 aos cinemas brasileiros, e o disco de remixes J. to tha Lo, que inclui a música-tema do thriller, Alive.Lopez chegou ao topo graças a uma ambição digna de Madonna, além, é claro, dos reveladores vestidos Versace e dos escândalos envolvendo o então namorado, Sean "P. Diddy" Combs (com quem acabou sendo presa em 1999, em Nova York, por conta de uma briga de boate).A comunidade latina e o público do hip hop formaram a base para a carreira musical, que já rendeu os discos On the Six e J.Lo, enquanto filmes como A Cela e Irresistível Paixão garantiram a ela bons aumentos de salário em Hollywood e uma incrível base de fãs em todo o mundo.Nunca Mais, dirigido pelo inglês Michael Apted (de O Mundo Não é o Bastante), é a tentativa de provar que Lopez é uma artista versátil, capaz de encantar corações em comédias românticas, mas também de ser violenta em thrillers de ação. Seguindo os passos de Barbra Streisand em Nasce Uma Estrela, ela fez questão de compor e produzir a música tema, e ainda trabalhou como produtora-executiva e opinou no guarda-roupa."Estou sempre envolvida com meus figurinos e outros aspectos, mas é algo natural, acho que tenho um ponto de vista sobre muitos assuntos, mas é mais um desejo criativo do que uma vontade de estar controlando tudo", disse Lopez em entrevista ao JT, em Nova York, poucos dias antes de anunciar sua separação de Chris Judd. "Filmes são feitos em equipe, então acho legal dar idéias."Aos 32 anos, ela parece ter sob controle todos os aspectos de sua vida - sempre aparecendo impecável e disposta em público, mesmo que seja para uma entrevista em um domingo às 9 da manhã. "Sou uma diplomata. Acredito que você tem de ser assim se quiser incluir sua visão criativa em algum projeto."Entre os projetos que Lopez está tocando estão novos filmes, programas de TV e uma turnê, algo que ela diz não ter experimentado por falta de tempo. "Ah! Também quero fazer um filme em que a música seja a parte principal. Trabalhei em Selena, mas não cantei."

Agencia Estado,

06 de agosto de 2002 | 10h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.