Jennifer López é processada pelo ex-marido

O ex-marido de Jennifer López está processando a cantora e atriz por deixar de cumprir lei contratual. Segundo Ojani Noa, ele foi despedido sem justificativa do restaurante de propriedade da pop star em Pasadena, onde trabalhava como administrador. Os dois se conheceram em um restaurante em Miami, onde ele trabalhava, em 1997. O casamento durou um ano.Em 2002, Noa deixou seu trabalho como administrador em Conga Room, em Los Angeles, para cuidar do novo restaurante de Jennifer, Madres. Segundo a petição, ela teria dito a ele que não o demitiria "sem um bom motivo ou razão". Noa, que ganava mil dólares por semana, foi despedido seis meses despois, sem saber o motivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.