EZRA SHAW/AFP
EZRA SHAW/AFP

Jay-Z se torna primeiro bilionário do hip-hop

Segundo a Forbes, o patrimônio do rapper foi impulsionado por sua empresa de entretenimento mas também fruto de seus investimentos em bebidas alcoólicas, arte e imóveis

AFP, O Estado de S.Paulo

03 de junho de 2019 | 18h55

Jay-Z é oficialmente o primeiro bilionário do hip-hop, anunciou a Forbes nesta segunda-feira, impulsionado por sua empresa de entretenimento mas também fruto de seus investimentos em bebidas alcoólicas, arte e imóveis.

O rapper Shawn Carter - seu nome verdadeiro -, que cresceu em um dos conjuntos habitacionais com pior fama do Brooklyn, "acumulou uma fortuna que conservadoramente atinge 1 bilhão de dólares, o que o transforma em um dos poucos artistas do entretenimento bilionário, e o primeiro do hip-hop", disse a revista em uma nova edição.

O império que Jay-Z construiu conta com participações nas marcas de champanhe Armand de Brignac e de conhaque D'Usse (avaliadas em 310 milhões e 100 milhões de dólares respectivamente), assim como 220 milhões em dinheiro e investimentos que incluem uma participação na Uber por um valor estimado em 70 milhões.

O cantor de 49 anos também administra um catálogo de música de 75 milhões de dólares, outros 75 milhões da companhia de entretenimento Roc Nation e 100 milhões do serviço de streaming Tidal. Além de sua cobertura no bairro de Tribeca em Nova York, Jay-Z e a cantora pop Beyoncé, sua esposa, possuem mansões em East Hampton, Nova York, e na exclusiva vizinhança de Bel Air em Los Angeles, propriedades imobiliárias que adicionam cerca de 50 milhões de dólares à fortuna do rapper, acrescentou a Forbes.

Em 2017, a Forbes disse que o casal havia acumulado oficialmente um patrimônio conjunto de um bilhão de dólares.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Jay-ZHip-hop

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.