Japoneses tocam por 182 horas para entrar para o "Guinness"

Centenas de músicos japoneses bateram neste sábado um recorde mundial, superando 182 horas de música ininterrupta, alternando-se no palco durante mais de uma semana, informou a agência "Kyodo". O recorde anterior, de 181 horas, havia sido estabelecido em 2001, no Canadá, segundo o "Guinness". Mais de 800 músicos profissionais e amadores da cidade de Hikone, na província de Shiga, no oeste do Japão, com idades entre 6 e 96 anos, são os detentores do novo recorde, segundo a "Kyodo". Foram executadas 2 mil canções, de sucessos dos Beatles a temas tradicionais japoneses. Os músicos tocaram instrumentos como piano, harmônica, flauta, ocarina e a tradicional harpa japonesa "koto". As 182 horas de música ininterrupta foram completadas às 10h (22h de sexta-feira, em Brasília). Mas os artistas continuaram tocando, para elevar o recorde, que assim ficará mais difícil de ser superado. Os músicos começaram a tocar às 8h de sexta-feira, dia 23 (20h do dia 22, em Brasília) na estação de trem de Toriimoto, onde um representante do "Guinness" certificou o novo recorde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.