Janet Jackson rende multa recorde para CBS

Autoridades federais norte-americanas multaram hoje a rede CBS com o valor recorde US$ 550 mil pela apresentação de Janet Jackson no intervalo da Super Bowl, a grande final do campeonato de futebol americano, quando ela deixou que um de seus seios ficasse à mostra, propositalmente.A Comissão Federal de Comunicações votou em unanimidade em multar cada uma das 20 emissoras que pertencem à CBS com a pena máxima por indecência, de US$ 27,5 mil. O valor total, de US$ 550 mil é a maior multa dada a uma rede de televisão. A maioria das multadas que já foram dadas pela comissão foram para estações de rádio. "Como inúmeras famílias se juntam em volta de uma televisão para assistir um dos maiores eventos nacionais, elas foram rudemente expostas a um show que mais se encaixa em um show de strip tease", disse Michael Powell, um membro da comissão. Os cinco membros da agência decidiram não multar todas as 200 emissoras afiliadas à CBS e que também exibiram o show, mas não pertencem à empresa matriz da CBS, a Viacom. A MTV, uma subsidiária da Viacom, produziu o show que foi exibido em 1.º de fevereiro, com a cantora fazendo um dueto com Justin Timberlake. No final do show, Timberlake arrancou um pedaço da roupa de couro de Janet, mostrando o seio direito dela na TV, para uma audiência de 90 milhões de pessoas. Timberlake culpou um "problema de figurino", e a CBS foi rápida em se desculpar aos telespectadores. A cena gerou um recorde de reclamações à comissão, mais de 500 mil. "Apesar de nos arrependermos pelo incidente e nos desculparmos com nossos telespectadores, nós ainda acreditamos que o show não violou as leis de indecência", dizia uma declaração da emissora. A Viacom disse que vai recorrer de todas as multas recebidas por causa da apresentação de Janet. O co-presidente da empresa, Leslie Moonves, disse que uma multa seria "muito injusta" e prometeu levar a disputa aos tribunais. As leis federais dos Estados Unidos proíbem estações de rádio e emissoras de televisão aberta de transmitirem material com referências sexuais e fisiológicas entre as 6 e às 22 horas, quando crianças podem estar assistindo. Depois do problema com a apresentação de Janet, a CBS instituiu um atraso de cinco segundos em suas transmissões ao vivo. Outras emissoras também adotaram a medida como forma de precaução, para poderem interromper a transmissão em caso de o conteúdo exibido ser ofensivo. A cerimônia do Grammy, por exemplo, foi exibida pela CBS com a atraso de cinco segundos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.