Jackson sofre "múltiplas" acusações de abuso infantil

Após um dia de muita especulação, a polícia da Califórnia confirmou oficialmente que o cantor Michael Jackson é alvo de "múltiplas" acusações de abuso sexual infantil. As autoridades pediram que ele se entregue e disseram que a fiança foi estabelecida em US$ 3 milhões. Ele também terá de apresentar seu passaporte.O anúncio foi feito em entrevista coletiva. Pouco antes, oficiais já antecipavam que a denúncia estava baseada no artigo 288 do código penal do Estado, que condena abuso contra menores de 14 anos, e que a rendição de Jackson estava sendo negociada com seus advogados. Ontem, cerca de 70 policiais de Santa Barbara fizeram uma busca em seu rancho Neverland ("Terra do nunca"), onde o astro pop teria molestado um garoto de 12 anos, conforme acusação veiculada na TV. Segundo assessores, Jackson está em Las Vegas, onde gravada um vídeo.Embora há muito venha rebatendo acusações e reformulando declarações infelizes, Jackson nunca havia sido formalmente processado por abuso sexual. Já foi acusado de molestar um garoto de 13 anos, em 1993, mas um acordo suspendeu a abertura do processo. Em um recente documentário para a TV, apareceu dizendo que achava "muito doce e encantador" dividir a cama com crianças. Em todos os casos, Jackson jura inocência e alega perseguição.O novo escândalo envolvendo o nome do astro coincide com o lançamento de seu novo disco, Number One, que deve chegar ao Brasil em dezembro. O disco traz uma parceria com o rapper R. Kelly, que também já foi acusado de pedofilia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.