Jackson diz na TV que acusações são "ficção"

O cantor Michael Jackson disse em entrevista ao programa do apresentador Geraldo Rivera, da rede de TV americana Fox News, que as acusações feitas contra ele são "ficção". A entrevista de Jackson foi a primeira que ele concedeu desde que foi indiciado em abril de 2004 por acusações de abuso contra um menor de idade e será exibida no sábado.O cantor de 46 anos precisa de permissão judicial para conceder entrevistas sobre as acusações feitas contra ele, mas ele disse, na longa entrevista ao programa At Large with Geraldo Rivera que a verdade sobre ele vai aparecer. "Quanto maior o astro, maior o alvo. Mas a verdade sempre prevalece. Eu acredito nisso", disse Jackson. Jackson contou ainda que criou seu rancho Neverland para poder aproveitar o que deixou de fazer na infância. "Eu criei Neverland como um lar para mim e minhas crianças. Ele me deu uma oportunidade de fazer o que não pude quando eu era pequeno. Nós não podíamos ir ao cinema ou à Disneylândia. Não podíamos fazer coisas divertidas". O cantor conta que os momentos de diversão que teve na infância foi quando excursionava com o grupo que tinha com seus irmãos, o Jackson Five. De acordo com o cantor, atrás dos portões de Neverland ele conseguiu criar um mundo onde estão todos que ele ama.Na entrevista, Jackson também fez críticas ao rapper Eminem, que o satirizou na música Just Lose It e no clipe da canção. No clipe, Eminem interpreta Jackson enquanto canta: "Venha aqui garotinho, no meu colo". Ao fundo, vê-se um grupo de crianças.Jackson disse admirar o "sr. Eminem", mas fez críticas à conduta do rapper. "Tenho sido um artista a minha vida toda e nunca ataquei um colega. Grandes artistas não precisam fazer isso", afirmou.O processo de seleção do júri para o julgamento de Jackson deve continuar na próxima semana. O julgamento será reiniciado na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.