Jackson chega à corte para assistir à audiência

Michael Jackson foi recebido com entusiasmo por seus fãs hoje ao chegar à corte para assistir ao depoimento da mãe do garoto que o acusa de abuso sexual. A mulher será interrogada pelos advogados de defesa do cantor. Jackson e membros de sua família, todos vestidos de branco, acenaram animadamente para os fãs que estavam atrás da linha de segurança que cerca o tribunal do Condado de Santa Bárbara. Uma mulher, favorável à acusação, segurava um cartaz que dizia: "Nós apoiamos a vítimia". No começo das audiências, ontem, a defesa tentou convencer o juiz a desabilitar como provas alguns itens coletados durante uma busca no rancho do cantor, Neverland, e no escritório de um detetive particular. A mãe do acusador deve testemunhar hoje sobre se sabia que o detetive particular Bradley Miller trabalhava para o antigo advogado de Jackson, Mark Geragos. Os advogados do cantor estão tentando mostrar que a mãe e a promotoria sabiam da relação profissional de Geragos e Miller, o que tornaria ilegal a busca no escritório dele, pois seria uma violação do direito de privacidade de Jackson. Esta será a primeira vez em que a mulher, cujo nome é mantido sob sigilo, vai se encontrar com Jackson desde que o caso foi aberto. Ontem, os advogados de defesa exibiram uma fita com cenas da busca no rancho do cantor, alegando que as autoridades foram além do que o mandado de busca permitia, ao levarem objetos que agora estão sendo usados como evidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.