Ivete Sangalo lança disco e prepara turnê

O novo disco da cantora Ivete Sangalo, Clube Carnavalesco Inocentes em Progresso, não tem faixa de apelo forte como Festa, que puxou o anterior e tocou sem parar. Das 14 faixas, dez são inéditas, dançantes (samba e frevo baianos e outros ritmos da terra de Caymmi agrupados sob o rótulo de axé music) e as outras são regravações muito pessoais. Ivete deu uma entrevista coletiva na gravadora Universal anteontem e hoje deve estar curtindo merecida folga em Miami, com o marido, o músico Davi Moraes.Ela discorda da ausência de faixa forte neste disco. "Todas são tão ótimas", garante. Mas depois minimiza. "Tornar um hit onipresente é ótimo, mas acontece ocasionalmente na carreira de uma cantora. A gente não se preocupa porque é impossível agradar a todo mundo. Quero fazer música boa. Sendo de qualidade, acaba acontecendo, para todo mundo ou só para o público que gosta de mim."No novo trabalho, o som de trio elétrico está nas faixas inéditas e em Você e Eu, Eu e Você, de Tim Maia, produzida por Davi. As outras músicas puxam pelo lado romântico ou menos balançante. E aí os bons recursos da cantora sobressaem. Acontece com Retratos e Canções, hit antigo na voz de Sandra de Sá. O reggae Natural Collie, de uma coletânea, foi paixão à primeira audição e ganhou um andamento dolente. E a faixa que fecha o disco, Somente Eu e Você, é a única encomendada. O diretor musical da Rede Globo, Mariozinho Rocha pediu-lhe um clássico para incluir na novela Kubanacan e ela, influenciada pelo disco The Great American Songbook, de Rod Stewart, escolheu a canção americana Moonglow. Pediu uma versão a Dudu Falcão, "porque não sabia que já existia outra, dos anos 60", justifica. A música já faz sucesso, apesar de não ser a escolhida para tocar no rádio. A gravadora preferiu a dançante Sorte Grande.Agora, Ivete se prepara para a turnê de lançamento do disco. Antes, na sexta-feira, ela homenageia Gilberto Gil na festa do Grammy Latino, em Miami, cantando Andar com Fé. No domingo, participa da festa brasileira de Nova York. Show por aqui só no fim de setembro, começando pela Bahia, no dia 28, e descendo para o Sudeste, ainda sem agenda definida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.