Ivete Sangalo arrasta 500 mil foliões em Recife

Vinte e quatro anos, mas com energia e animação de adolescente. Foi assim que o Balança Rolha - um dos mais tradicionais blocos carnavalescos de Pernambuco - abriu, no sábado, a temporada da semana pré-carnavalesca na zona sul do Recife. Com atrações para lá de ecléticas, indo desde os blocos líricos e orquestras de frevo até da rainha do Axé, a baiana Ivete Sangalo, o Balança Rolha colocou na avenida Boa Viagem - um dos locais de maior concentração do PIB estadual - cerca de 500 mil pessoas, segundo cálculos dos organizadores e da Polícia Militar pernambucana. Sem cordões de isolamento ou exigência de abadás, senhas ou qualquer outro tipo de "ingresso", a festa atraiu jovens, adultos e gente da maior idade, que de tão organizados formavam verdadeiras "alas" dentro do desfile. Ao longo de toda a avenida, com aproximadamente 7,5 quilômetros de extensão, centenas de sacadas e varandas foram transformadas em camarotes improvisados para garantir uma visão privilegiada do evento. Alguns capricharam na estrutura e contrataram desde serviço de buffet até DJ´s. A advogada Dinah Carvalho foi uma dessas pessoas. Com a ajuda das duas filhas, uma arquiteta e outra decoradora, Dinah decorou seu apartamento, um duplex com 240 metros quadrados, especialmente para o desfile. "Chamei um grupo de 50 pessoas entre amigos, gente do trabalho e familiares. O Carnaval é muito animado em Recife, mas tenho medo da violência das ruas. Por isso, prefiro ver tudo daqui de cima, com conforto, boa comida", afirmou a advogada. Apesar da concentração ter iniciado ao meio-dia, o trio-elétrico trazendo Ivete Sangalo, só despontou na avenida Boa Viagem após às 15h30. Simpática, a baiana não perdeu tempo e tratou de cantar, em um só fôlego, meia dúzia de sucessos de se repertório. A estratégia contagiou os foliões, que não paravam de pular e repetir, em coro, os refrões das canções. O governo de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) compareceu ao avento ao lado de políticos e músicos locais. Mesmo com o policiamento reforçado, perto do encerramento do evento a violência tomou conta da festa. Até então, nenhum incidente grave havia sido registrado, segundo informações do posto de plantão da PM. O balanço total de ocorrências será divulgado neste domingo.Matéria atualizada às 21h15

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.